O Caminho das Águas: Tempos de crise são tempos de oportunidades.

Estamos vivenciando uma situação crítica em relação à disponibilidade de água.
O longo período de estiagem, registrado nos dois últimos anos (2015/2016) apresenta seus reflexos em todos os setores da economia, tanto no campo, onde a produção agropecuária vem sofrendo perdas acentuadas, quanto nas cidades, onde a redução do volume dos reservatórios de água que as abastecem, conjugado com o mau uso da água, tem levado as autoridades responsáveis a discutirem fórmulas para a solução do problema.
No entanto, medidas administrativas sem a análise do conjunto de fatores que interferem no ciclo das águas terão pouco efeito prático. Poderão punir alguns setores da cadeia produtiva e de consumo, mas não interferirão na PRODUÇÃO DE ÁGUA.
Esta é a chance de a partir da CRISE, buscar os caminhos que conduzirão à OPORTUNIDADE de equilibrar produção de água com as necessidades crescentes do consumo do precioso líquido.