Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/storage/7/ab/56/ciflorestas/public_html/controle/nuvemtags_gerar.php on line 16

Warning: max() [function.max]: Array must contain at least one element in /home/storage/7/ab/56/ciflorestas/public_html/controle/nuvemtags_gerar.php on line 53

Warning: min() [function.min]: Array must contain at least one element in /home/storage/7/ab/56/ciflorestas/public_html/controle/nuvemtags_gerar.php on line 55
CIFlorestas>>Notícia>>Suzano deve expandir seus plantios de eucalipto para o norte do Espírito

Facebook Twitter RSS

Notícia

Versão para impressão
A-
A+


02/09/2013

Suzano deve expandir seus plantios de eucalipto para o norte do Espírito

Empresa arrendou 15 fazendas na região, onde plantará eucalipto em mais de seis mil hectares

A área de plantio totalizará 1.817,30 hectares.

Assim como a Aracruz Celulose (Fibria), a Suzano Papel e Celulose também pretende expandir seus plantios para o extremo norte do Estado do Espírito Santo. A empresa arrendou 14 fazendas no município de Montanha, onde realizará plantios em área total de 4.696,5 hectares. Em outra fazenda, que compreende terras do município e de Mucurici, a Suzano irá plantar em 1.817,30 hectares. Ao todo 6.513,8 hectares, somando todos os projetos.

Para as fazendas de Montanha, a empresa está na fase inicial do licenciamento ambiental. O Instituto Estadual de Defesa Agropecuária e Florestal (Idaf) aprovou, neste mês, os Termos de Referência dos projetos, divididos em blocos II, III e IV. A Suzano irá agora elaborar o Estudo e Relatório de Impacto Ambiental (Eia/Rima) para submeter ao órgão e, assim, obter as licenças Prévia (LP) e de Operação (LO).

O Bloco II compreende as fazendas Juazeiro, Luziane, Balão, Oriental, Esplanada, Alvorada, Luiz Siqueira e São Jorge, com área total de plantio de 2.533,46 hectares. Já no Bloco III estão as fazendas Santa Fé I, Santa Fé II e Santo Antônio, com área de plantio de 630 hectares. E, por último, no Bloco IV, as fazendas Eldorado II, Colina e Estrela do Oriental, onde será plantado eucalipto em 1.805,99 hectares. As fazendas integram a Bacia do Rio Itaúnas.

Já o outro projeto é de abril deste ano e já teve apresentado o Eia/Rima ao Idaf. Trata-se da Fazenda Eldorado, nos municípios de Montanha e Mucurici, que faz fronteira com Ponto Belo e Ecoporanga, no Estado, e também a municípios de Minas Gerais. A área de plantio totalizará 1.817,30 hectares.

Junto com a Aracruz Celulose, a Suzano responde pelo modelo de desenvolvimento representado pelas monoculturas de eucalipto no Estado. Nos municípios do extremo norte do Estado, a empresa repetirá os impactos sociais e ambientais já conhecidos das comunidades tradicionais da região, principalmente quilombolas do antigo território do Sapê do Norte, formado pelos municípios de São Mateus e Conceição da Barra.

Entidades como o Movimento dos Pequenos Agricultores (MPA) e a Rede Alerta Contra o Deserto Verde denunciam há décadas a contaminação do solo e da água gerados pelos plantios de eucalipto, além da mecanização, que gera desemprego em larga escala. A Suzano também é responsável por promover o êxodo rural e os conflitos instalados no campo.

A concentração de terras em poder das multinacionais impede ainda a realização da reforma agrária e o desenvolvimento de projetos da agricultura familiar. A consolidação dos projetos da Aracruz e Suzano só foi possível graças a financiamentos públicos do Banco Nacional de Desenvolvimento (BNDES).

A Suzano informa que tem área florestal de 803 mil hectares no país, sendo 346 mil na Bahia, Espírito Santo, São Paulo, Minas Gerais, Maranhão, Tocantins e Piauí.

 


Fonte: Painel Florestal



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (0)


CIFlorestas disse:

17/10/2018 às 07:47

Nenhum comentário enviado até o momento.

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

As mais lidas


Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

Do ponto de vista técnico e operacional, qual é a melhor unidade para comercialização da madeira para celulose?

volume de madeira sólida (metro cúbico)
tonelada de madeira
metro estéreo ou metro de lenha
unidade ou peças de madeira

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


1358 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey