Facebook Twitter RSS

Notícia

Versão para impressão
A-
A+


08/02/2012

Suzano atinge marca recorde de área fomentada certificada pelo FSC

O recorde dá continuidade à estratégia de expandir a atuação sustentável da empresa para todos os elos da cadeia sob sua influência

08/02/2012 - A Suzano Papel e Celulose anunciou nesta terça-feira (9) que registrou alta no processo de certificação florestal das áreas de fomento localizadas no Extremo Sul da Bahia. Nos dois últimos anos foram 59 certificações do FSC (Forest Stewardship Council ou Conselho de Manejo Florestal), que também envolve os fornecedores do Programa de Fomento Florestal. Segundo a companhia, em nota, o recorde dá continuidade à estratégia de expandir a atuação sustentável da empresa para todos os elos da cadeia sob sua influência.

De 2009, quando a empresa estreou a modalidade no País com os fomentados certificados, o número saltou de três produtores para sete com certificação individual no Sul da Bahia. Essas certificações garantem a origem e condições adequadas do manejo florestal da madeira que abastece a produção de celulose da companhia.

“Em 2011, a Suzano foi a primeira empresa do setor a criar um projeto de certificação em grupo para fomentados, com a orientação de consultores que apoiam os fomentados no processo de certificação, fornecendo informação e consultoria ao longo de todo o processo”, destaca comunicado.  De acordo com Osni Sanches, gerente executivo de Operações Florestais, “a ideia surgiu para atender a demanda por aumento da área de fomento certificada e adaptar o projeto à realidade dos produtores locais”, diz.

Para ter o certificado FSC, os produtores precisam fazer investimentos em processos e na própria auditoria. Surgiu então a proposta de fazer isso em grupo, diluindo o investimento e ampliando a abrangência da certificação. Em julho do ano passado o primeiro certificado em grupo foi anunciado. Cinco fomentados foram reconhecidos em uma área de plantio de 3.200 hectares (terras na região de Mucuri e Teixeira de Freitas, no Sul da Bahia). Em dezembro do mesmo ano, o segundo certificado coletivo para 12 fomentados foi anunciado. A área envolve o plantio de 2.600 hectares.

Para este ano, a Suzano conta com três grupos recomendados para certificação, com a aprovação do processo já garantida e no aguardo apenas da expedição do documento do FSC. Esses grupos somam 35 fomentados em um total de 9.800 hectares. Do total de 61.021 hectares de fomento no Sul da Bahia, 12 mil estão certificados ou recomendados.


Fonte: CeluloseOnline



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (0)


CIFlorestas disse:

17/11/2019 às 15:27

Nenhum comentário enviado até o momento.

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

As mais lidas


Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

Do ponto de vista técnico e operacional, qual é a melhor unidade para comercialização da madeira para carvão?

volume de madeira sólida (metro cúbico)
tonelada de madeira
metro estéreo ou metro de lenha
unidade ou peças de madeira

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


1604 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey