Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/storage/7/ab/56/ciflorestas/public_html/controle/nuvemtags_gerar.php on line 16

Warning: max() [function.max]: Array must contain at least one element in /home/storage/7/ab/56/ciflorestas/public_html/controle/nuvemtags_gerar.php on line 53

Warning: min() [function.min]: Array must contain at least one element in /home/storage/7/ab/56/ciflorestas/public_html/controle/nuvemtags_gerar.php on line 55
CIFlorestas>>Notícia>>Ruralistas podem ceder na questão de rios na MP do Código Florestal

Facebook Twitter RSS

Notícia

Versão para impressão
A-
A+


16/08/2012

Ruralistas podem ceder na questão de rios na MP do Código Florestal

Google

Integrantes da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA) acenam com a possibilidade de voltar atrás para possibilitar a proteção de todos os tipos de rios, inclusive os temporários, mas devem intensificar a pressão em outros pontos sensíveis na medida provisória que preenche lacunas do Código Florestal, afirmou nesta quarta-feira o presidente da frente, deputado Homero Pereira (PSD-MT).

No início de agosto, a comissão mista responsável pela análise prévia da MP aprovou, com maioria ruralista, a controversa emenda que elimina a exigência de Área de Proteção Permanente (APP) em rios temporários. As APPs são regiões sensíveis, onde a vegetação deve ser mantida ou recuperada, como margens de rios, topos de morro e encostas.

O resultado contrariou o Governo e foi considerado "absurdo" por ambientalistas. Parlamentares ligados ao setor ambiental afirmaram que a medida pode reduzir drasticamente a proteção de rios.

As negociações devem ser retomadas na próxima semana. Estão previstas reuniões na terça ou na quarta-feira entre dirigentes da FPA, o relator da proposta, senador Luiz Henrique (PMDB-SC), e o senador Jorge Viana (PT-AC).

Dentre os pontos sensíveis que estarão na mesa de negociação e são considerados importantes pelos ruralistas, está o tema das multas ambientais.

Parlamentares ligados ao setor agropecuário pedem que seja incluído no texto um dispositivo que impeça a cobrança de multas até que os instrumentos de regularização ambiental previstos no código estejam em pleno funcionamento.

Segundo o vice-presidente da frente na região Sudeste, deputado Paulo Piau (PMDB-MG), que inclusive relatou o Código Florestal quando ele foi aprovado pela última vez na Câmara, integrantes da frente visam mudar as metragens de vegetação que devem ser recuperadas ao longo de cursos d´água para evitar que médios produtores percam grandes áreas produtivas.

Outro ponto que será usado na negociação para ceder na questão dos rios temporários diz respeito às veredas (áreas encharcadas e de brejo). O texto determina que veredas são consideradas APPs, e portanto, devem ser preservadas. Mas há uma demanda por parte de ruralistas para flexibilizar essa regra para que áreas secas próximas às veredas possam ser usadas.

A comissão mista que analisa previamente a MP deve voltar a se reunir no dia 28 deste mês. As votações haviam sido interrompidas após a aprovação da controversa emenda sobre os rios temporários.

Nota divulgada pela assessoria de Luiz Henrique afirma que "o senador espera retomar o clima de entendimento e de convergência indispensáveis para votar com consenso a legislação ambiental mais importante do País".


Fonte: Terra Viva



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (0)


CIFlorestas disse:

19/09/2018 às 22:49

Nenhum comentário enviado até o momento.

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

As mais lidas


Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

O que você acha da implantação do Cadastro Ambiental Rural (CAR)?

Trará benefícios aos produtores rurais
Trará benefícios ao meio ambiente
Trará benefícios apenas para o governo
Trará benefícios aos produtores rurais, ao meio ambiente e ao governo
Não muda a situação dos produtores rurais, nem do meio ambiente

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


1084 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey