Facebook Twitter RSS

Notícia

Versão para impressão
A-
A+


02/03/2011

Produtos extrativistas têm venda recorde em feira na Alemanha

Entre 15 e 19 de fevereiro, cooperativas brasileiras de extrativistas e de agricultores familiares venderam US$ 1,6 milhão de produtos, além da expectativa de fechar US$ 5 milhões em negócios.

Esse resultado é recorde desde que o Brasil começou a participar, em 2003, da Biofach, maior feira de produtos orgânicos do mundo realizada na Alemanha.

Os ministérios do Meio Ambiente e do Desenvolvimento Agrário promoveram a participação de 10 empreendimentos de agricultores familiares e extrativismo na Biofach Alemanha 2011, na cidade de Nuremberg, onde mais de 190 empresas, de 41 países, se reúnem para fechar negócios sobre produtos orgânicos.

Para o gerente de Extrativismo do Ministério do Meio Ambiente, Júlio Pinho, a participação dos extrativistas na feira é muito importante para a promoção de boas práticas na produção. "Isso  valoriza o produto e a floresta em pé", disse, lembrando que os empresários do mundo inteiro estão interessados nos produtos da sociobiodiversidade brasileira e querem garantia de que os produtos não agridem a floresta.

Por isso, o Governo Federal está elaborando diretrizes para o manejo sustentável de 20 produtos da sociobiodiversidade. O Brasil tem 5,2 milhões de extrativistas. Eles tiram o sustento de suas famílias com produtos da sociobiodiversidade, ao mesmo tempo que mantêm a floresta conservada.

Júlio Pinho participou de mesa de debates sobre o Plano Nacional de Promoção das Cadeias de Produtos da Sociobiodiversidade. Na ocasião, ele destacou que a produção dos produtos da sociobiodiversidade ajuda o Brasil a reduzir e atingir a meta de redução do desmatamento em 80% até 2020. Após a apresentação do plano, um empresário comprou 30 mil potes de geleia de umbu. "O Brasil tem produtos diferenciados. Umbu só tem aqui. Então, é a oportunidade de promover rodadas de negócios", salientou.


Fonte: Ministério do Meio Ambiente



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (1)


RAIMUNDO MARTINS SILVA disse:

06/03/2011 às 11:54

Aonde posso obter orientação para desenvolver e implantar um pequeno projeto agroflorestal "familiar" para extração e comercialização de polpa (açai) da PALMEIRA JUÇARA?
Tenho uma propriedade de 50 milm² em reserva da Mata Atlântica, com intensa manifestação endêmica dessa espécie e que vem sendo explorada apenas pelos "palmiteiros".

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

Do ponto de vista técnico e operacional, qual é a melhor unidade para comercialização da madeira para celulose?

volume de madeira sólida (metro cúbico)
tonelada de madeira
metro estéreo ou metro de lenha
unidade ou peças de madeira

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


2331 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey