Facebook Twitter RSS

Notícia

Versão para impressão
A-
A+


29/03/2016

Produção de pellets para gerar energia pode ter alta no mercado brasileiro

As notícias de inauguração de duas futuras fábricas no Brasil, TANAC em Rio Grande RS e outra fábrica em São José dos Ausentes, são um excelente sinal de que o mercado de pellets pode se valorizar no Brasil. Também vemos um leve crescimento de consumo no mercado interno onde até mesmo hospitais tem usado esta fonte para gerar energia, como é o caso do UOPECCAN em Cascavel / PR.

Algumas empresas no Brasil já tem produção em funcionamento, caso da PELLETBRAS, ARAUPEL, VALE DO TIBAGI. Estas empresas tem uma produção mais voltada ao mercado interno, sendo que a conta para exportação dificilmente fecha com lucro para os produtores.
O problema é a matéria prima que tem sido inflacionada nos últimos anos, além é claro, do principal gargalo que é a logística e altos impostos.
Recentemente outra boa notícia foi dada pelo Porto de Rio Grande, sobre a instalação de um terminal para o embarque de Biomassa de pellets de madeira. ]estão envolvidos no projeto setor do Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, secretário Fábio Branco, o diretor-superintendente do Porto do Rio Grande, Janir Branco, e investidores liderados pela empresa Finagro.
Segundo Afonso Celso Bertucci, presidente da Finagro, a demanda mundial por “pellets” está aquecida, principalmente, nos países da Europa. Parte dessa demanda será suprida, entre outros fornecedores, pela unidade silvoindustrial que está sendo instalada no município de Pinheiro Machado (RS), dimensionada para produzir 600 mil toneladas de pellets por ano.
Em uma área de 35 mil hectares, além de pellets para exportação, a unidade silvoindustrial irá gerar 50 mil watts de energia para abastecimento doméstico.
Outro fator importante é a produção de queimadores que viabilizam o uso dos pellets em diversos segmentos como, gastronomia, hotelaria e até mesmo na indústria. Em Santa Catarina a empresa GELL GABOARDI começou recentemente a fabricação destes equipamentos. A empresa também tem parceria com uma empresa Italiana no fornecimento de sistemas para pelletização.
Todas estes fatos demonstram a força da Biomassa para geração de energia. Se houver um planejamento estratégico no setor, aliados a legislação e inspeção da qualidade da Biomassa produzida no Brasil, o potencial de crescimento é muito grande.
O governo deveria ter ações focadas no desenvolvimento do mercado de energias renováveis, com políticas públicas inteligentes que ajudassem o crescimento das empresas, isenção de impostos, facilita o acesso a financiamento de máquinas e equipamentos para produção de biomassa, em especial os pellets com que grande valor agregado


Fonte: Biomassa BR



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (0)


CIFlorestas disse:

10/08/2020 às 08:14

Nenhum comentário enviado até o momento.

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

O que você acha da implantação do Cadastro Ambiental Rural (CAR)?

Trará benefícios aos produtores rurais
Trará benefícios ao meio ambiente
Trará benefícios apenas para o governo
Trará benefícios aos produtores rurais, ao meio ambiente e ao governo
Não muda a situação dos produtores rurais, nem do meio ambiente

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


1330 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey