Facebook Twitter RSS

Notícia

Versão para impressão
A-
A+


29/12/2009

Procura pelo País Cresceu Nesta Década

Levantamento da Consufor mostra que, desde o início da década, cerca de US$ 1 bilhão foram investidos por fundos em compras de florestas no país. Essas florestas passaram a ser administradas pelas timos e as indústrias de madeira, que eram donas das propriedades, agora compram a matéria-prima que precisam.

Levantamento da Consufor mostra que, desde o início da década, cerca de US$ 1 bilhão foram investidos por fundos em compras de florestas no país. Essas florestas passaram a ser administradas pelas timos e as indústrias de madeira, que eram donas das propriedades, agora compram a matéria-prima que precisam.

Entre as timos de maior atuação no Brasil estão a GFP (Global Forest Partners), HTRG (Hancock Timber Resource Group), RMS (Resource Management Services), RMK Timberland Group e Brookfield Asset Management, além de outras que estão buscando ativos.

No fim dos anos 90, o banco UBS passou a atuar no Sul e comprou áreas da Norske Skog, mas depois saiu do negócio, que passou a ser administrado pela GFP. Em 2003, a Prutimber chegou ao Paraná, mas sua operação foi vendida para HTRG. No ano passado, a RMS passou a administrar 24 mil hectares no Paraná e em Santa Catarina que pertenciam a Lavrasul e Lavrama antes de serem vendidas a fundos.

"É uma tendência que está se consolidando no Brasil", diz Fabio Luiz Brun, diretor para a América do Sul da RMS. "O mercado está ativo e estamos analisando outras oportunidades", conta. Seu foco é floresta plantada. O problema para os novos investidores, segundo ele, é que mesmo com o mercado de madeira ruim, os ativos não tiveram desvalorização. Nos EUA, segundo dados da Consufor, as timos gerenciam aproximadamente 9,9 milhões de hectares.

O modelo de operação é simples. A timo firma um contrato de gestão com o investidor e, nele, é fixada forma da gestão e sua remuneração. É criada uma empresa no país onde está a floresta, que passa a administrá-la, normalmente terceirizando os serviços.

 


Fonte: Valor Econômico



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (0)


CIFlorestas disse:

28/01/2020 às 20:28

Nenhum comentário enviado até o momento.

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

O que você acha da implantação do Cadastro Ambiental Rural (CAR)?

Trará benefícios aos produtores rurais
Trará benefícios ao meio ambiente
Trará benefícios apenas para o governo
Trará benefícios aos produtores rurais, ao meio ambiente e ao governo
Não muda a situação dos produtores rurais, nem do meio ambiente

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


1173 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey