Facebook Twitter RSS

Avanço e Pesquisa

Versão para impressão
A-
A+


19/05/2010

Potencial de Maciez da Celulose: uma Metodologia para Avaliar e Comparar

Foi desenvolvido um método de preparação de folhas manuais de laboratório específicas para a avaliação do potencial de maciez de celuloses para fabricação de papéis tissue. Foi composto e treinado um grupo de pessoas para avaliar a maciez de produtos tissue e a maciez dessas folhas de laboratório. Foi desenvolvido um procedimento-padrão (protocolo) para a avaliação da maciez.

Foram estudadas 13 celuloses branqueadas de mercado – 7 de eucaliptos, 3 de coníferas, 2 de folhosas e 1 celulose destintada -, quanto a seu potencial antes e depois do refino, segundo o procedimento estabelecido. Foi possível estabelecer a classificação dessas celuloses e a avaliação de sua maciez revelou diferenças
importantes entres os tipos de celulose e conforme o refino. Celuloses de folhosas – e mais particularmente celuloses de eucalipto -, produziram os papéis mais macios, enquanto as celuloses de coníferas apresentaram o menor potencial de maciez. E mais, durante a refinação convencional as celuloses de folhosas perderam menos potencial de maciez do que as celuloses de coníferas.
 

Seu grau de maciez manteve-se positivo, enquanto o das celuloses de coníferas apresentou sempre valor negativo. Foi desenvolvido um modelo estatístico para predição da maciez da celulose a partir de características das fibras. Esse modelo demonstrou-se suficientemente confiável e foi usado para a definição do potencial de maciez e acompanhou a maciez ao longo do processo de fabricação de tissue, especialmente durante a preparação da massa e a refinação da celulose.

Por fim, foi feita uma comparação entre os resultados do grupo do CTP – Centre Technique du Papier, França – e aqueles de outros quatro grupos, resultando evidente que os cinco grupos poderiam avaliar a maciez de modo uniforme e que o novo procedimento para avaliação da maciez de folhas manuais  specificamente preparadas era relevante para uma tal aplicação.
 


Fonte: Revista O Papel



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (0)


CIFlorestas disse:

24/01/2020 às 19:57

Nenhum comentário enviado até o momento.

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

Do ponto de vista técnico e operacional, qual é a melhor unidade para comercialização da madeira para celulose?

volume de madeira sólida (metro cúbico)
tonelada de madeira
metro estéreo ou metro de lenha
unidade ou peças de madeira

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


1853 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey