Facebook Twitter RSS

Notícia

Versão para impressão
A-
A+


03/02/2009

Pesquisadores criam papel a partir de plástico

O chamado papel sintético é resultado de um estudo que durou seis anos, realizado por pesquisadores da Universidade Federal de São Carlos, no interior de São Paulo. A folha de papel tem o plástico como matéria-prima ao invés da celulose. A fabricação consome menos água e menos energia do que a do papel tradicional.

O chamado papel sintético é resultado de um estudo que durou seis anos, realizado por pesquisadores da Universidade Federal de São Carlos, no interior de São Paulo. A folha de papel tem o plástico como matéria-prima ao invés da celulose. A fabricação consome menos água e menos energia do que a do papel tradicional.

 
Praticamente qualquer embalagem plástica jogada no lixo pode ser aproveitada. Depois de triturado e misturado a uma série de substâncias, o plástico vai para uma máquina onde é submetido a altas temperaturas. Depois de derretido, é resfriado e novamente picotado.


O processo termina em outro equipamento, que funde os grãos para produzir o papel sintético. De acordo com o pesquisador Cristiano de Santi, o papel é mais resistente aos raios ultravioletas, à ação do tempo, além de ter aplicação onde a durabilidade do papel tradicional é limitada.


A idéia já foi testada em larga escala e patenteada. O papel pode ser usado, segundo os criadores, em livros, etiquetas, manuais e rótulos. Os pesquisadores aguardam o interesse da indústria para que a novidade chegue ao consumidor. Mas uma pequena amostra foi levada a uma papelaria. “É bom para escrever, acho que vale a pena”, diz uma pessoa que testou a novidade.


Oitocentos e cinquenta quilos de plástico reciclado são necessários para produzir uma tonelada de papel sintético. E, segundo os pesquisadores, a cada tonelada produzida, 30 árvores deixam de ser cortadas. Os estudos revelam que, se fosse aplicada em sala de aula, a novidade poderia aumentar a vida útil de livros e de cadernos.


Fonte: www.g1.globo.com



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (0)


CIFlorestas disse:

19/01/2020 às 02:12

Nenhum comentário enviado até o momento.

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

Do ponto de vista técnico e operacional, qual é a melhor unidade para comercialização da madeira para celulose?

volume de madeira sólida (metro cúbico)
tonelada de madeira
metro estéreo ou metro de lenha
unidade ou peças de madeira

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


1516 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey