Facebook Twitter RSS

Notícia

Versão para impressão
A-
A+


30/01/2013

Pesquisa vai apontar custo de produção do eucalipto em MS

Um grupo de representantes de entidades de ensino, pesquisa e do setor produtivo e empresarial estiveram reunidos na última sexta-feira, 25 de janeiro, para elaboração de uma pesquisa que vai apontar o custo de produção de eucalipto em Mato Grosso do Sul.

A pesquisa, que irá utilizar metodologia da Universidade Federal de Viçosa (MG), vai levantar os preços dos principais insumos da cadeia produtiva.A iniciativa conta com o apoio da Confederação de Agricultura e Pecuaria do Brasil (CNA).

“O objetivo é proporcionar ao produtor rural informações para que ele planeje sua atividade. O primeiro passo é analisar para quem ele vai vender e assim saber o que vai plantar”, explica o engenheiro agrônomo da Federação de Agricultura e Pecuária de MS (Sistema FAMASUL), Leonardo Carlotto.  Os resultados, que devem ser divulgados no final de fevereiro, serão trabalhados em uma cartilha de orientação.

A reunião do grupo de trabalho para custificação da produção de eucalipto no MS, feita durante o Showtec 2013, em Maracaju (MS) contou com a participação de representantes da Famasul, do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR/MS), da Associação Sul-Mato-Grossense de Produtores e Consumidores de Florestas Plantadas de MS (Reflore), da Embrapa e do Grupo Mutum.

Eucalipto - Em Mato Grosso do Sul, a área plantada de eucalipto chega a 600 mil hectares, segundo dados da Reflore, o que representa um aumento de 500% se comparado aos 120 mil hectares em 2006. A previsão é de que o território destinado ao seu cultivo chegue em 1 milhão de hectares até 2030.

Os principais gargalos do setor são a falta de mão de obra qualificada, altas cargas tributárias e a falta de infraestrutura e logística para escoamento da produção. “A produção de eucalipto precisa de planejamento porque é uma atividade que vai gerar renda após sete anos de cultivo”, complementa o presidente da Reflore, Dito Mário.


Fonte: FEDERAÇÃO DA AGRICULTURA E PECUÁRIA DE MATO GROSSO DO SUL - FAMASUL



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (1)


oIbVuJLEpbZyIrkUD disse:

05/03/2013 às 01:20

Gosh, I wish I would have had that information ealerir!

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

Do ponto de vista técnico e operacional, qual é a melhor unidade para comercialização da madeira para carvão?

volume de madeira sólida (metro cúbico)
tonelada de madeira
metro estéreo ou metro de lenha
unidade ou peças de madeira

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


2593 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey