Facebook Twitter RSS

Notícia

Versão para impressão
A-
A+


30/04/2009

Pesquisa de Opinião Pública Sobre o Desmatamento

Desmatamento zero e chega de anistias: esta parece ser a opinião dominante na opinião pública brasileira de acordo com a recente pesquisa abrangendo todo o território nacional, com amostra de 2.055 entrevistas e margem de erro inferior a 2%, realizada pelo Datafolha ao longo do mês de abril, por solicitação da entidade Amigos da Terra – Amazônia Brasileira.

Desmatamento zero e chega de anistias: esta parece ser a opinião dominante na opinião pública brasileira de acordo com a recente pesquisa abrangendo todo o território nacional, com amostra de 2.055 entrevistas e margem de erro inferior a 2%, realizada pelo Datafolha ao longo do mês de abril, por solicitação da entidade Amigos da Terra – Amazônia Brasileira.

Os destaques da pesquisa apontam para o fato que os brasileiros são quase unânimes em querer parar o desmatamento, mesmo que isso signifique abrir mão de mais produção agropecuária, e ainda pretendem punir no voto os políticos que se destaquem por defendê-lo. Além disso, a grande maioria deseja que os custos gerados pelos danos ambientais no campo sejam cobrados de quem desmatou, mesmo que isso resulte em aumento de custo dos alimentos. Na pergunta sobre a postura geral que o país como um todo deveria adotar em relação ao desmatamento, a grande maioria (94%) escolhe a opção de “parar o desmatamento, para evitar os custos de desastres ambientais como mudanças climáticas, desmoronamentos, alagamentos, etc”, versus meros 3% que escolhem a opção de “permitir mais desmatamento, para produzir mais produtos agrícolas”.

Na questão sobre quem é o principal responsável pelo desmatamento, foram apontados: 1º) Falta de controle por parte das instituições do governo que não aplicam a lei (60%); 2º) Consumidores que escolhem apenas os produtos mais baratos (12%); 3º) Financiamento dos bancos que incentivam atividades que desmatam (8%); 4º) Redes de varejo que não se interessam pela origem dos produtos que comercializam (8%); 5º) outros e não sabe (2%). A pesquisa completa Data Folha estará disponível para consulta, a partir do dia 30 no site da SBS (www.sbs.org.br), na seção “Destaques”.

 


Fonte: Sociedade Brasileira de Silvicultura.



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (0)


CIFlorestas disse:

19/07/2019 às 10:09

Nenhum comentário enviado até o momento.

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

As mais lidas


Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

O que você acha da implantação do Cadastro Ambiental Rural (CAR)?

Trará benefícios aos produtores rurais
Trará benefícios ao meio ambiente
Trará benefícios apenas para o governo
Trará benefícios aos produtores rurais, ao meio ambiente e ao governo
Não muda a situação dos produtores rurais, nem do meio ambiente

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


1156 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey