Facebook Twitter RSS

Notícia

Versão para impressão
A-
A+


23/11/2010

Papel não perde espaço para novas tecnologias

O papel continua tendo espaço e ganha forças a cada dia.

 Mesmo com o surgimento, a cada ano, de novas mídias digitais e muitas dúvidas sobre o consumo do papel, o que ficou entendido durante as discussões desta segunda-feira (22) no V Congresso Latino-Americano das Perspectivas do Setor de Celulose e Papel foi que o papel continua tendo espaço e ganha forças a cada dia. O resultado disso é que o papel não será engolido pelas mídias digitais e continua a ganhar forças. Mesmo em um país que o consumo ainda é baixo – 50 kg por pessoa para todos os tipos de papel – as perspectivas ainda são otimistas quanto a esse crescimento. 

Para Jean Michel Ribieras, vice-presidente da International Paper e Presidente da IP América Latina, o desafio da produção de papeis na era digital continua grande. A afirmação vai contra o que foi previsto na década de 70, que o papel seria completamente eliminado nos escritórios e todas as transações seriam realizadas por meio eletrônico, sem qualquer uso de papel. A previsão não vingou e o que ficou certo é que, mesmo com tantas alternativas digitais, o consumo de papel – principalmente no quesito imprimir – continua tendo um grande valor agregado.

O papel continua sendo o mais importante para o estudo. “A internet oferece muitas informações rápidas, mas para aprender, o papel ganha pela necessidade de impressão”, diz. Mesmo quando se fala em publicidade, na forma impressa ela ainda é muito mais forte do que no meio online. “A impressão vão continuar se adaptando e evoluindo com base nas novas tecnologias”, afirma Ribieras, destacando que o papel é sustentável e renovável.

O mercado é tão otimista que estimativas afirmam que somente o mercado de livros irá crescer 12% no próximo ano. No mercado mundial de papel, o consumo continua crescendo, principalmente nos mercados emergentes. “Como em todos os outros setores haverá uma adequação dos produtos em face de suas aplicabilidades e nichos de consumo”, destaca Ribieras.

O mesmo otimismo invade as empresas, Bernardo Testi , Supply Chain Manager da Gomes da Costa, afirma que o objetivo da empresa é manter a caixa de papelão nas embalagens de sardinha, pois elas protegem as latas e inclusive demonstram quando há algum problema na embalagem como vazamento ou tentativa de abertura. “O papelão e de fácil uso e a tendência é mantê-las”.

A conclusão é que o papel e as novas tecnologias da era digital são complementares e não antagônicas. Tanto que a preferência por publicações em geral é 62% contra 6% por  mídia eletrônica. Cláudio Baronni, diretor de projetos da Editora Abril S/A acredita na realidade da inclusão da área digital. “Nosso papel é formar conteúdo, seja ele através de qualquer que seja a mídia”. Segundo ele, a Abril publicou um site da Revista Capricho e o sucesso foi surpreendente. O mesmo aconteceu com a revista na versão impressa. “As vendas aumentaram e o site é um sucesso. É um grande desafio”. Baronni está na torcida para que a mídia digital não mate o papel. “Eu acredito que não”, conclui.

 

 


Fonte: Celulose Online



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (0)


CIFlorestas disse:

12/08/2020 às 23:40

Nenhum comentário enviado até o momento.

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

O que você acha da implantação do Cadastro Ambiental Rural (CAR)?

Trará benefícios aos produtores rurais
Trará benefícios ao meio ambiente
Trará benefícios apenas para o governo
Trará benefícios aos produtores rurais, ao meio ambiente e ao governo
Não muda a situação dos produtores rurais, nem do meio ambiente

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


1740 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey