Facebook Twitter RSS

Notícia

Versão para impressão
A-
A+


09/07/2019

O AGRONEGÓCIO ABASTECE E EXPORTA

Abastecer o mercado interno brasileiro, com seus atuais 210 milhões de habitantes/consumidores, e exportar para mais de 160 países é um binômio indissociável e estratégico à economia desse País, movimentando produtores, pesquisa agropecuária, substantivos recursos financeiros, logísticas, insumos diversos, e obtendo preciosas divisas externas. Há um equívoco em se afirmar, não raro, que o agronegócio é basicamente exportador!

O AGRONEGÓCIO ABASTECE E EXPORTA*
Abastecer o mercado interno brasileiro, com seus atuais 210 milhões de habitantes/consumidores, e exportar para mais de 160 países é um binômio indissociável e estratégico à economia desse País, movimentando produtores, pesquisa agropecuária, substantivos recursos financeiros, logísticas, insumos diversos, e obtendo preciosas divisas externas. Há um equívoco em se afirmar, não raro, que o agronegócio é basicamente exportador!
Não há nenhuma lógica plausível nessa percepção controversa, sem fundamentos, presumivelmente com milhares de adeptos e analistas pouco informados e não afeitos às complexidades, demandas e ofertas do agronegócio brasileiro. Entre 2007 e 2017, a produção de carne de frango passou de 9,34 milhões de toneladas para 13,05 milhões, mais 39,72%, sendo que o consumo interno é de 66,9%, e as exportações 33,1%.
Na avicultura de postura, a oferta de ovos de galinha evoluiu de 28,85 bilhões de unidades para 39,92 bilhões, crescendo 38,37% entre 2010 e 2017, e o consumo interno atingiu 99,74%. Entre 2006 e 2017, a produção de carne suína avançou de 2,94 milhões de toneladas para 3,75 milhões, mais 27,55%, havendo uma demanda interna de 81,50% no País (ABPA-2018).
Em 2017, houve uma oferta de 9,71 milhões de toneladas de carne bovina, em equivalente carcaça, dos quais 80% para o mercado interno e 20% foram exportados (Abiec).
O 9º Levantamento da Conab, safra 2018/19, estima a produção de soja em 114,8 milhões de toneladas e 70 milhões exportadas (61%); sendo que a oferta estimada de milho é de 97 milhões de toneladas, com 32 milhões (32,9%) exportados. Entre outros produtos agrícolas, essenciais, o milho e a soja são destinados à alimentação humana, agroindústrias, e para os rebanhos de pequenos e grandes animais; mais carnes, leite e ovos!
Por outro lado, nessa breve panorâmica, o Brasil é o maior produtor de café no cenário mundial, e mais 80% dos lares brasileiros usam diariamente essa bebida saborosa, emblemática e histórica. Em 2017, a oferta nacional é 49,9 milhões de sacas, sendo 30,7 milhões exportadas (61,5%); em 2018, das 61,7 milhões de sacas de café produzidas foram vendidas no mercado externo 31,5 milhões (51%) (Conab). O café é uma cultura bienal!
Minas Gerais é o maior produtor e exportador de café do Brasil e exige avançar mais na agroindústria, agregando valores, e ganhar novos espaços estratégicos e indispensáveis no Certifica Minas Café. Noutro ângulo, igualmente importante, em 2018/2019 a produção de açúcar atinge 34,2 milhões de toneladas e as exportações 23,6 milhões (69%)(Seapa).
No caso do trigo, embora o Brasil possa ser autossuficiente nessa cultura, em média se importa 50% do trigo argentino para atender à demanda interna. Em 2017, a produção brasileira é de 4,26 milhões de toneladas e as importações 6,38 milhões (60%), sendo que o consumo interno estimado é da ordem de 11,28 milhões de toneladas (Abitrigo). Há muita pesquisa substantiva sobre o trigo no Brasil!
A Argentina importa alguns milhares de veículos automotores de passageiros fabricados no Brasil, pois quem compra quer vender. Acordo bilateral vigente!
Esses e outros dados reafirmam substantivamente que não há desabastecimento, pois o agronegócio abastece e exporta. Entre 2017 e 2018, o superávit nas exportações do agronegócio somou US$ 240,19 bilhões. Nesse Acordo UE-Mercosul, as logísticas operacionais não podem se transformar no “Calcanhar de Aquiles” do agronegócio brasileiro!
Engenheiro agrônomo Benjamin Salles Duarte* – 05/07/2019.
 




Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (0)


CIFlorestas disse:

21/07/2019 às 00:24

Nenhum comentário enviado até o momento.

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

As mais lidas


Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

O que você acha da implantação do Cadastro Ambiental Rural (CAR)?

Trará benefícios aos produtores rurais
Trará benefícios ao meio ambiente
Trará benefícios apenas para o governo
Trará benefícios aos produtores rurais, ao meio ambiente e ao governo
Não muda a situação dos produtores rurais, nem do meio ambiente

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


46 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey