Facebook Twitter RSS

Notícia

Versão para impressão
A-
A+


05/09/2012

Negociação do Código Florestal é tarefa do governo, diz Marco Maia

Presidente da Câmara afirmou que MP está na pauta desta quarta. Líderes da oposição não querem que governo vete mudanças.

Google

O presidente da Câmara dos Deputados, Marco Maia (PT-RS), disse nesta quarta-feira (5) que as negociações em torno da votação da medida provisória do novo Código Florestal são responsabilidade do governo. A medida está na pauta de votação desta quarta, mas ainda não há acordo para a apreciação.

“Eu não tenho nenhuma responsabilidade com as negociações que deverão acontecer no dia de hoje para viabilizar a votação da medida provisória 571. Isto é tarefa do governo [...] O que eu puder fazer para ajudar a ter entendimento,vou fazer, mas a responsabilidade não é minha. Não sou eu que tenho de fazer os ajustes para viabilizar a votação da medida provisória 571”, disse o presidente nesta manhã.

O grande impasse está em torno do texto que foi aprovado pela comissão especial que analisou a medida provisória do novo Código Florestal. O governo não concorda com o material aprovado na comissão especial.

O presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária, deputado Homero Pereira (PSD-MT), afirmou nesta terça-feira que a bancada não abre mão de votar o texto como foi aprovado na comissão especial. A bancada, segundo ele, quer que o governo garanta que não irá vetar os termos da medida, caso o texto aprovado seja o que foi votado na comissão especial. Sem a garantia, o deputado afirmou que a bancada entrará em obstrução.

“Vamos entrar em obstrução e a MP vai caducar. Vai ser ruim para o país porque a produção estará na ilegalidade”, disse.

Até o dia 8 de outubro, a medida precisa ser analisada nos plenários da Câmara e do Senado. Caso não se consiga um acordo, a MP corre o risco de perder a validade, ou caducar, como é conhecido o termo no Congresso. Segundo Marco Maia, mesmo que não consiga acordo, a matéria será colocada em plenário.

“Se não tiver um entendimento, um acordo até a hora da votação, nós vamos ter uma disputa política, regimental para votação da medida provisória do Código Florestal. Então, ela pode ser votada e pode não ser votada. Vai depender da força que cada um dos atores políticos terá no começo da tarde. Pelo o que eu entendi, ao intenção do governo é votar o Código Florestal, mas isto vai precisar colocar à tarde para ver a votação”, disse o presidente.

Impasse
O texto aprovado pela comissão especial beneficia os médios produtores ao prever que, nas propriedades de 4 a 15 módulos fiscais com cursos de água de até 10 metros de largura, a recomposição de mata ciliar será de 15 metros. O texto original era mais rígido e determinava que propriedades de 4 a 10 módulos teriam que recompor 20 metros.

A comissão aprovou também alterações propostas pelo relator, senador Luiz Henrique (PMDB-SC), que ampliam a proteção de rios. O texto acordado determina cinco metros de área de preservação permanente (APP) para rios temporários de até dois metros. Não necessitam de APP apenas os cursos d’água efêmeros. O governo já antecipou que é contra as propostas.

 


Fonte: G1.globo.com



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (0)


CIFlorestas disse:

14/08/2020 às 21:19

Nenhum comentário enviado até o momento.

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

Do ponto de vista técnico e operacional, qual é a melhor unidade para comercialização da madeira para celulose?

volume de madeira sólida (metro cúbico)
tonelada de madeira
metro estéreo ou metro de lenha
unidade ou peças de madeira

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


1427 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey