Facebook Twitter RSS

Notícia

Versão para impressão
A-
A+


02/07/2009

Moveleiros Buscam Mercados Emergentes

A indústria gaúcha de móveis tubulares e de madeira Telasul, de Garibaldi, colhe desde 2008 os frutos de trocar mercados tradicionais em baixa por outros emergentes, como os países africanos

Móveis de Madeira

 

A indústria gaúcha de móveis tubulares e de madeira Telasul, de Garibaldi, colhe desde 2008 os frutos de trocar mercados tradicionais em baixa por outros emergentes, como os países africanos.

Foi o remédio ante a concorrência chinesa que tomou corpo desde 2006 nos Estados Unidos, maiores clientes da marca há três anos. O comportamento da Telasul se repete em outras empresas do polo moveleiro da região de Bento Gonçalves, segundo do País e o maior do Estado. A diversificação e mesmo vendas para regiões como Europa ajudam a amenizar o recuo geral dos negócios desde outubro de 2008.

As exportações de janeiro a maio, que somaram US$ 75,5 milhões, foram 32,9% menores que as do mesmo período de 2008, quando o setor faturou US$ 112,6 milhões. Maiores compradores como EUA e Argentina ostentam queda de 33% a 38% no período. A presidente da Movergs-Associação das Indústrias do Estado, Maristela Longhi, reforça que a ampliação das regiões compradoras é hoje melhor alternativa para compensar as perdas. Para Maristela, a tática deve impedir maior queda no encerramento das vendas em 2009.

A Telasul, que mandava 30% das exportações para os EUA até 2006, sentiu o impacto da valorização do real frente ao dólar, que acabou beneficiando o produto chinês. A busca de importadores onde ninguém ainda tinha chegado é a aposta do fabricante. O gerente de exportações da empresa, Cassiano Baccin, aponta o resultado como efeito de um trabalho de dois anos de prospecção e estudos. Hoje, a região africana responde por 60% dos negócios e impulsiona a meta de crescimento de 20% da empresa na área externa este ano. Mesmo em países como Angola, Baccin admite que já enfrenta a disputa com os chineses. "Mas apostamos em bom atendimento e produto que pode ser entregue em menor quantidade e adequado ao gosto dos clientes", projeta o gerente da Telasul.

A Carraro, de Bento Gonçalves, também deixou de lado vendas para a clientela norte-americana desde 2006. A atuação na África, onde a marca já está há dez anos, faz parte da ação para ampliar vendas e depender menos dos tradicionais mercados. Das vendas brasileiras para a Namíbia, a Carraro responde por 90%. A gerente de exportações da Carraro, Frances Regina Miorelli, comenta surpresas em meio à desaceleração da demanda. A Inglaterra voltou a comprar em 2009. Segundo Frances, dá resultado investir para abrir clientes em mercados onde a marca já está com trabalho consolidado. "Temos de usar uma vantagem competitiva como essa", comenta a gerente.


Fonte: CEDETEM



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (0)


CIFlorestas disse:

06/08/2020 às 03:50

Nenhum comentário enviado até o momento.

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

As mais lidas


Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

Do ponto de vista técnico e operacional, qual é a melhor unidade para comercialização da madeira para carvão?

volume de madeira sólida (metro cúbico)
tonelada de madeira
metro estéreo ou metro de lenha
unidade ou peças de madeira

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


3948 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey