Facebook Twitter RSS

Notícia

Versão para impressão
A-
A+


05/11/2012

Modelagem do Crescimento em Nível de Árvores Individuais.

Dissertação de Mestrado defendida no Departamento de Engenharia Florestal da UFV pelo Engenheiro Florestal Vinícius Oliveira Castro, a modelagem do crescimento em nível de árvores individuais utilizando redes neurais e autômatos celulares.

Foto: Google
Modelar de maneira precisa o crescimento e a produção das florestas é importante para um melhor gerenciamento dos recursos florestais. Como o manejo tem demandado cada vez mais detalhes das informações acerca do crescimento e dinâmica das florestas, principalmente aquelas destinadas à produção de madeira de alta qualidade ou a multiprodutos, modelos em nível de classe de tamanho e em nível de árvores individuais têm sido cada vez mais demandados. Assim, este trabalho teve por objetivo modelar o crescimento e a produção de povoamentos de eucalipto em nível de árvores individuais utilizando regressão e redes neurais artificiais (RNA), bem como desenvolver um sistema baseado em Autômatos Celulares (AC) para simulação da dinâmica de crescimento e produção.
Utilizando dados de parcelas permanentes, foram ajustados modelos para predizer o crescimento em diâmetro e altura das árvores, bem como a probabilidade de mortalidade. Esses mesmos dados foram utilizados para o treinamento das RNA para estas mesmas variáveis.
Com base nos resultados, as estimativas por meio de RNA foram mais precisas quando comparadas com as estimativas obtidas por regressão. As melhores redes, juntamente com uma arquitetura de AC, foram utilizadas para validação do modelo empregando dados independentes daqueles utilizados para ajuste dos modelos e treinamento das RNA. Projetando-se a estrutura das parcelas (diâmetro, altura e mortalidade das árvores) dos 24 meses aos 72 meses observou-se que o modelo e a estrutura de AC forneceram estimativas precisas em nível de árvores individuais.
 
Orientação e Banca
            Professor Orientador: Carlos Pedro Boechat Soares
            Professores Co-orientadores: Agostinho Lopes de Souza e Helio Garcia Leite.
            Banca: Gilciano saraiva Soletira.
 
Para acesso à dissertação completa, acessar o link:
http://alexandria.cpd.ufv.br:8000/teses/ciencia%20florestal/2011/238055f.pdf




Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (0)


CIFlorestas disse:

20/03/2019 às 13:17

Nenhum comentário enviado até o momento.

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

As mais lidas


Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

Do ponto de vista técnico e operacional, qual é a melhor unidade para comercialização da madeira para carvão?

volume de madeira sólida (metro cúbico)
tonelada de madeira
metro estéreo ou metro de lenha
unidade ou peças de madeira

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


2741 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE   |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey