Facebook Twitter RSS

Notícia

Versão para impressão
A-
A+


26/01/2009

Mercado de carbono ajuda empresas a enfrentar a crise

A crise econômica está trazendo reflexos inesperados para o esquema de comércio de carbono da União Européia (EU ETS). Segundo a Reuters, analistas estimam que as indústrias já arrecadaram cerca de € 1 bilhão com a venda das permissões extras, resultado do corte de produção devido a desaceleração econômica.

A crise econômica está trazendo reflexos inesperados para o esquema de comércio de carbono da União Européia (EU ETS). Segundo a Reuters, analistas estimam que as indústrias já arrecadaram cerca de € 1 bilhão com a venda das permissões extras, resultado do corte de produção devido a desaceleração econômica.

As permissões na União Européia (EUAs) são distribuídas pelos governos aos setores econômicos mais representativos. O quanto é distribuído depende da meta de redução de cada país e cada indústria recebe uma parte do que pode emitir. Se elas quiserem manter ou aumentar a produção, precisam adquirir créditos de carbono no mercado ou investir em medidas internas que aumentem a eficiência ou reduzam as emissões de CO2.

Nesta segunda fase do EU ETS (2008-2012), a maioria das indústrias recebe um volume de permissões praticamente igual ao que emitem. Porém, com a previsão de queda na produção, sobram permissões.

Analistas estimam que os setores de aço e cimento, por exemplo, tenham um decréscimo de produção de 14% e 20% a 25%, respectivamente, neste ano em comparação com 2008. Com isto, apenas estas duas áreas devem gerar 66 milhões de toneladas em permissões extras, o equivalente a cerca de € 750 milhões com base no preço do carbono de quarta-feira (21).

Desta forma, um comércio criado para resolver o problema do aquecimento global, está ajudando a enfrentar uma questão econômica. “Isto é uma distorção do mercado, mas fruto de uma crise. Ninguém previa uma queda econômica tão grande”, afirma o diretor da Keyassociados, Marco Antônio Fujihara.

Como em qualquer bolsa de valores, com o grande volume de ofertas, o preço das EUAs está caindo vertiginosamente. Nesta semana, as permissões foram negociadas a menos de €12, o menor valor desde a criação do EU ETS, que já alcançou € 31 no ano passado.

Mercado saudável

Para o gerente de relacionamento da First Climate, Frieder Frasch, este é um sinal de que o mercado funciona. “Há uma recessão, existe esta redução de emissões e uma menor demanda por permissões, então o preço cai, como em qualquer outro mercado”, explica.

Por outro lado, Frasch, se diz surpreso por não ver as grandes fornecedoras de energia comprando estas permissões, já que os preços estão tão baixos. Elas são muito conservadoras, segundo ele, e somente compram combustíveis e créditos de carbono quando estão vendendo energia. “Mas, para ser honesto, eu não compreendo completamente porque estão agindo de forma tão míope. Seria mais sábio comprar créditos de carbono agora e mantê-lo até 2013”, comenta.


Fonte: Carbono Brasil



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (0)


CIFlorestas disse:

08/08/2020 às 22:51

Nenhum comentário enviado até o momento.

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

O que você acha da implantação do Cadastro Ambiental Rural (CAR)?

Trará benefícios aos produtores rurais
Trará benefícios ao meio ambiente
Trará benefícios apenas para o governo
Trará benefícios aos produtores rurais, ao meio ambiente e ao governo
Não muda a situação dos produtores rurais, nem do meio ambiente

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


838 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey