Facebook Twitter RSS

Notícia

Versão para impressão
A-
A+


16/11/2011

Lucros da Portucel sobem 8% até Junho

Grupo papeleiro sublinha o bom nível de liquidez, "que lhe permitirá fazer face às responsabilidades actualmente assumidas sem necessidade de recurso ao mercado da dívida"

Os lucros da Portucel subiram 8% no primeiro semestre deste ano para 97,6 milhões de euros. De acordo com os resultados dos primeiros seis meses, o grupo papeleiro registou um aumento de 12,6% do volume de negócios face ao mesmo período de 2010, para 739,6 milhões de euros. Um crescimento que a Portucel justifica com a “evolução positiva do negócio de papel fino de impressão e escrita não revestido (papel UWF) do grupo, ao nível das quantidades vendidas e dos preços de venda, assim como do aumento de energia vendida”.

No segmento de energia, refere ainda, “verificou-se um crescimento de 15% no valor das vendas, possibilitado pela conclusão, na segunda metade de 2010, do conjunto de investimentos nesta área e que actualmente se encontram já em plena produção”.

Por seu lado, a Portucel refere que os custos tiveram uma evolução desfavorável em relação ao período homólogo de 2010, como resultado de um aumento em alguns factores de produção, nomeadamente nos produtos químicos e na madeira, neste caso agravado pela necessidade de um maior recurso a importações, por insuficiência da oferta nacional. 

O EBITDA consolidado, por seu lado, aumentou 11,8%, para 199,2 milhões de euros, o que se traduziu numa margem EBITDA/vendas de 26,9%. 

Por sua vez, os resultados operacionais mantiveram-se praticamente inalterados nos 125,3 milhões de euros.

Os resultados financeiros do grupo foram negativos em 9,4 milhões de euros, comparando com um valor também negativo de 12,1 milhões no primeiro semestre de 2010. Uma evolução positiva que, segundo a Portucel, “resulta essencialmente da diminuição significativa verificada na dívida líquida”.

A autonomia financeira no final de Junho era de 51,4% e o rácio dívida líquida/EBITDA fixou-se em 1,3, evidenciando uma melhoria em relação ao final de 2010 (1,6) e ao primeiro trimestre de 2011 (1,4). 

A dívida bruta de longo prazo do Grupo em 30 de Junho de 2011 situava-se em 727,2 milhões de euros, ascendendo a dívida com um prazo de vencimento inferior a um ano a 6,25 milhões. “Com a capacidade de geração de cash flow antes mencionada, disponibilidades superiores a 140 milhões de euros e linhas contratadas de cerca de 80 milhões, o Grupo apresenta um bom nível de liquidez, que lhe permitirá fazer face às responsabilidades actualmente assumidas sem necessidade de recurso ao mercado da dívida”, refere.

No comunicado de apresentação dos resultados semestrais, a Portucel refere ainda que “o grupo continua empenhado em concretizar projectos integrados de produção florestal, de pasta e de energia no hemisfério sul”. 


Fonte: Painel Florestal



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (0)


CIFlorestas disse:

26/01/2020 às 13:11

Nenhum comentário enviado até o momento.

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

Do ponto de vista técnico e operacional, qual é a melhor unidade para comercialização da madeira para carvão?

volume de madeira sólida (metro cúbico)
tonelada de madeira
metro estéreo ou metro de lenha
unidade ou peças de madeira

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


1239 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey