Facebook Twitter RSS

Notícia

Versão para impressão
A-
A+


25/07/2017

Lenine se une ao WWF-Brasil para promover a restauração florestal

O cantor pernambucano se junta à ONG para dar visibilidade ao Desafio Ambiental com a finalidade de estimular negócios sustentáveis



Em uma iniciativa de trazer melhorias ao meio ambiente, o WWF-Brasil lançou em junho o Desafio Ambiental: inovação e empreendedorismo em restauração florestal, com o intuito de apoiar o País a atingir suas metas de restauração e, ao mesmo tempo, dar visibilidade a iniciativas pioneiras. E para ajudar nessa ação, o cantor Lenine se uniu ao WWF-Brasi para chamar atenção à causa. As inscrições são até 9 de agosto.

Esta não é a primeira vez que o cantor pernambucano e o WWF-Brasil se unem. Em 2008, o cantor participou das comemorações pelo Dia da Amazônia e do 12º aniversário da ONG, em Manaus.
Engajado em causas ecológicas, aceitou de prontidão participar desta ação que tem suas inscrições abertas até o dia 9 de agosto. Para o Diretor Executivo do WWF-Brasil, Maurício Voivodic, "há bastante sinergia entre os valores do Lenine e com os da organização, devido ao posicionamento ecológico dele e do seu envolvimento com a ‘causa verde’". E continua: "Queremos encontrar e promover o empreendedorismo e a inovação no setor privado para que a restauração florestal ganhe escala e se multiplique nas propriedades rurais brasileiras. Ao mesmo tempo, queremos popularizar o tema de restauração que é de interesse público, e essa conexão com o público ganha força com a presença do Lenine junto com a gente", ressalta Voivodic.

Lenine iniciou em 2015 o projeto Carbono, inspirado no elemento químico conhecido como a "base da vida". Nesse álbum, o cantor demonstra a importância com os impactos ambientais gerados pelo homem e a importância de freá-los. O abraço de um ídolo da música brasileiro à essa ação é de extrema importância para levar essa oportunidade ao público e, também, expandir o debate sobre temas tão importantes como o de conservação ambiental.

Sobre o Desafio Ambiental

É um concurso que vai mapear, conectar, impulsionar e premiar iniciativas que restauram biomas brasileiros por meio de modelos inovadores e sustentáveis. A ação combina os universos da restauração florestal e do empreendedorismo de impacto e inovação, visando não só premiar financeiramente as ideias selecionadas, mas criar uma rede de colaboração entre as diversas iniciativas que acontecem no Brasil hoje, impulsionando o ecossistema de restauração.

Dentro da prática de restauração florestal, o concurso busca reconhecer: projetos de campo; modelos de negócios que viabilizem a recuperação de áreas degradadas; metodologias ou modelos inovadores; iniciativas sociais que promovam a restauração florestal e sua cadeia; tecnologias e startups.

O período para envio de projetos será de 9 de junho até 9 de agosto de 2017. As propostas serão selecionadas por júri técnico e júri popular. O primeiro corpo de jurados será composto por um (1) representante de cada um dos parceiros do desafio, enquanto que o júri popular está aberto a qualquer pessoa física, sendo um voto para cada CPF.

Na primeira fase do concurso, serão selecionadas até oito propostas para a realização de uma imersão com o Impact HUB a fim de impulsionar seu projeto. Em homenagem ao Dia da Árvore, a premiação vai ocorrer no dia 21 de setembro e os prêmios serão distribuídos da seguinte forma:
a. 1º lugar – júri técnico: participação da imersão e mentoria. R$ 5.000,00 em dinheiro e mais participação do Empretec (SEBRAE).
b. 2º lugar – júri técnico: participação da imersão e mentoria. R$ 3.000,00 em dinheiro e mais participação do Empretec (SEBRAE).
c. 3º ao 8º lugar: participação da imersão e mentoria.
d. 1º lugar - júri popular - R$ 2.000,00 em dinheiro.

Por que restaurar?
A restauração florestal é uma prática importante para a manutenção dos ecossistemas. Essa técnica recupera áreas degradadas visando restabelecer sua estrutura e função ecológica, com melhoria da qualidade e quantidade dos recursos hídricos, fixação de carbono, regulação climática e conservação da biodiversidade, entre outras.

E, atualmente, surge como ferramenta de contraponto à preocupação com as questões ambientais, e em particular, com o aquecimento global e com a possibilidade de ocorrerem mudanças do clima nos próximos anos.

O Brasil se configura entre os principais países produtores e exportadores de produtos agropecuários, com mais de 300 de milhões hectares destinados à agropecuária, segundo o IBGE. Contudo, esse setor também responde por grande parte das emissões brasileiras de GEE (gases de efeito estufa), os quais são responsáveis diretamente pelo aquecimento global.

"Nosso país se comprometeu a implantar ações e medidas que promovam o cumprimento de nossas metas no Acordo de Paris. Dentre elas, há o compromisso de recuperar 15 milhões de hectares de pastagens degradadas e reflorestar 12 milhões de hectares. Todavia, a estrutura hoje disponível para esse fim não conseguirá atender essa demanda se não houver ingredientes extras como inovação e empreendedorismo", comenta Mauricio Voivodic, diretor executivo do WWF-Brasil.

Imersão e planejamento colaborativo

Existem no Brasil inúmeras iniciativas que atuam em prol das florestas. São projetos de restauração e reflorestamento, agroflorestas, pequenos ou médios agricultores, startups de impacto, rede de sementes, povos e comunidades tradicionais e muitas outras iniciativas que geram renda, restauram ecossistemas e contribuem para reverter o já conhecido quadro de desmatamento e degradação.
O impacto em larga escala e verdadeiramente transformacional não pode ocorrer isoladamente, requer ação coletiva. A ideia é impulsionar os projetos envolvidos e, além disso, estimular a criação de caminhos de colaboração setorial e interssetorial.

Serviço

Desafio Ambiental: inovação e empreendedorismo em restauração florestal
• Inscrições: até 9 de agosto de 2017
• Realização: WWF-Brasil
• Execução: Impact HUB
• Apoio: SEBRAE, Ministério do Meio Ambiente, Pacto pela Restauração da Mata, Atlântica e Parque Nacional da Tijuca
Mais informações: www.desafioambiental.org


Fonte: WWF Brasil



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (0)


CIFlorestas disse:

15/12/2017 às 13:46

Nenhum comentário enviado até o momento.

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

Do ponto de vista técnico e operacional, qual é a melhor unidade para comercialização da madeira para celulose?

volume de madeira sólida (metro cúbico)
tonelada de madeira
metro estéreo ou metro de lenha
unidade ou peças de madeira

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


352 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey