Facebook Twitter RSS

Notícia

Versão para impressão
A-
A+


06/04/2011

Inpe aponta 19,2 km² de desmatamento na Floresta Amazônica no primeiro bimestre

Mato Grosso foi a região mais afetada, seguida por Maranhão e Pará.

Em janeiro e fevereiro, pelo menos 19,2 quilômetros quadrados (km²) de floresta foram desmatados naAmazônia, de acordo com dados do sistema de Detecção do Desmatamento em Tempo Real (Deter), divulgados nesta quarta-feira (06/04) pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). 

Mesmo com o monitoramento comprometido devido à cobertura de nuvens (que impedem a visualização dos satélites), o Inpe detectou que a maior parte do desmatamento no primeiro bimestre do ano foi em Mato Grosso, onde 14,39 km² de florestas foram derrubados. OMaranhão aparece em seguida, com 4,3 km² de desmate e o Pará, com 0,52 km². 

Em relação ao mesmo período de 2010, quando os satélites apontaram 208,19 km² de desmatamento, houve redução de mais de 90% no ritmo da derrubada. No entanto, por causa da cobertura de nuvens, o Inpe não recomenda esse tipo de comparação. 

O Deter registra corte raso (desmatamento total) e degradação progressiva. O sistema serve de alerta para direcionar operações de fiscalização do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).


Fonte: Agência EFE



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (0)


CIFlorestas disse:

17/06/2019 às 00:55

Nenhum comentário enviado até o momento.

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

As mais lidas


Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

Do ponto de vista técnico e operacional, qual é a melhor unidade para comercialização da madeira para carvão?

volume de madeira sólida (metro cúbico)
tonelada de madeira
metro estéreo ou metro de lenha
unidade ou peças de madeira

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


2354 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey