Facebook Twitter RSS

Notícia

Versão para impressão
A-
A+


17/11/2011

Florestal e Biomassa tem início em Santa Catarina

“A demanda por madeira será cada vez mais suprida por florestas cultivadas”, diz palestrante na abertura do evento

 Teve início na manhã desta quinta-feira (17) em Lages, Santa Catarina, o Florestal&Biomassa (Encontro Latino-Americano de Base Florestal e Biomassa). O evento acontece até o dia 19 de novembro, no Parque de Exposições Conta Dinheiro. Segundo a organização do evento, o foco das discussões está na primeira transformação da madeira e no aproveitamento de seus resíduos. O objetivo é difundir o conhecimento e tecnologia relevantes para a cadeia produtiva da madeira.

O evento começou com o 3º Congresso Internacional de Pinus. Na abertura, os participantes assistiram à  palestra "Importância Estratégica das Atividades Florestais no Brasil", ministrada por Edward Fagundes, da STCP (PR). Segundo o palestrante, a produção mundial de madeira aproxima-se de 3,3 bilhões de m3 por ano para diferentes fins. Seis países produzem mais da metade de toda a madeira do mundo: Estados Unidos, China, Índia, Brasil, Indonésia e Canadá, apontou o palestrante. "O Brasil é o quarto maior produtor mundial de madeira, participando com 6% do total. A maior parte da produção mundial é de biomassa para uso energético (lenha e carvão vegetal). Do 1,53 bilhão de m3 destinados à transformação industrial em 1999, 60% foi utilizado para processamento mecânico, 27% para papel e celulose e o restante, para fabricação de painéis reconstituídos", disse Edward.

Para Fagundes, a demanda por madeira será cada vez mais suprida por florestas cultivadas de forma intensiva, com alta produtividade e em ciclos de rotação cada vez mais curtos. As espécies de crescimento rápido, como pinus e eucalyptus, terão papel preponderante no fornecimento de fibras industriais, na opinião dele.

Durante todo o dia hoje acontecem palestras como “Novo Código Florestal”, com Karla Roberta Bernardo da Pactum Consultoria Empresarial; “Aplicação da NR31  e suas conseqüências para o setor de base florestal”, com Osair Fernandes Rosa da Qualitá Segurança e Saúde Ocupacional; “Legislação Aplicada ao Transporte de Cargas – Toras e Madeiras”, com Wilbert Ribeiro Junquilho da Agência Nacional de Transportes Terrestres; “Tendências do Mercado Internacional”, com Cláudio Ortolan da GFP Global Forest Partners. No final do dia haverá também discussões sobre o Mercado Chileno e Produção e Mercado de Madeira de Pinus com Valor Agregado.

O evento é uma realização do Sindimadeira de Lages e da Associação Rural de Lages, com promoção e organização da Hannover Fairs Sulamérica e apoio do Governo de Santa Catarina, por meio da Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte com o Funturismo, e das Prefeituras de Lages, Otacílio Costa e Correia Pinto, entre outras importantes entidades.

O encontro conta  ainda com a exposição de insumos e produtos da silvicultura, máquinas e equipamentos para as indústrias de madeira, papel e celulose e biomassa. A EXPO Florestal&Biomassa está dividida em um setor interno e outro externo, com show de dinâmica de movimentação de Toras e pátio de madeira durante todos os dias. “São esperados perto de 5 mil visitantes, durante os três dias do evento, já que toda a região serrana catarinense foi envolvida no projeto”, diz a gerente do Florestal e Biomassa, Maria Cristina Pieruccini.


Fonte: CeluloseOnline



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (0)


CIFlorestas disse:

26/01/2020 às 05:26

Nenhum comentário enviado até o momento.

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

O que você acha da implantação do Cadastro Ambiental Rural (CAR)?

Trará benefícios aos produtores rurais
Trará benefícios ao meio ambiente
Trará benefícios apenas para o governo
Trará benefícios aos produtores rurais, ao meio ambiente e ao governo
Não muda a situação dos produtores rurais, nem do meio ambiente

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


1246 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey