Facebook Twitter RSS

Notícia

Versão para impressão
A-
A+


03/11/2012

Fibria investe em pesquisas de biotecnologia e biorrefinaria

Cerca de R$ 8 milhões foram investidos no laboratório.

Fonte: Painel Florestal

 

Desde 17 de outubro a Fibria tem em Jacareí (SP) um novo laboratório do Centro de Tecnologia, com instalações modernas em pesquisa e desenvolvimento em biotecnologia e biorrefinaria.

Foram investidos cerca de R$ 8 milhões nas instalações nos últimos dois anos. No laboratório, os trabalhos são conduzidos por profissionais próprios e parceiros que buscam atender os desafios do setor para os próximos anos.

O Centro de Tecnologia da Fibria é uma área corporativa, que atua em todas as unidades da empresa, agora com dois laboratórios em atividade: um em Jacareí (SP) e outro em Aracruz (ES). Nos laboratórios são realizadas pesquisas para a geração de clones superiores (mudas de eucalipto), identificação de técnicas avançadas de manejo florestal e desenvolvimento de novos produtos, que darão origem às florestas plantadas nas regiões onde a empresa atua e à celulose de alta qualidade, exportada para vários países, em todos os continentes.

Segundo o gerente-geral do Centro de Tecnologia da Fibria, Fernando Bertolucci, a estrutura conta com modernos equipamentos de biotecnologia e biorrefinaria. “A Fibria é uma das empresas do setor que investe em pesquisa e tecnologia, de forma constante e consistente: a inovação é uma das nossas principais forças”, conclui, destacando a importância do empreendimento.

O laboratório em Jacareí está instalado próximo à fábrica com uma infraestrutura de aproximadamente 700 metros quadrados, onde estudos em biotecnologia e biorrefinaria são conduzidos por meio de laboratórios ainda mais específicos.

Os projetos de inovação desenvolvidos pela Fibria buscam proporcionar ganhos em excelência operacional, ambiental e social, alinhados à estratégia de sustentabilidade da companhia. Entre as principais ações voltadas ao desenvolvimento tecnológico, destacam-se: desenvolvimento de novos clones, proteção florestal, tecnologia de processos e de sustentabilidade, desenvolvimento de produtos e prospecção tecnológica em biomassa energética e biocombustível, a partir de eucalipto.


Fonte: Painel Florestal/Assessoria



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (1)


Sara disse:

07/11/2012 às 16:49

Da uma olhada e ver a floresta em conjunto com a Biotec

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

As mais lidas


Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

Do ponto de vista técnico e operacional, qual é a melhor unidade para comercialização da madeira para celulose?

volume de madeira sólida (metro cúbico)
tonelada de madeira
metro estéreo ou metro de lenha
unidade ou peças de madeira

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


1573 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE   |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey