Facebook Twitter RSS

Notícia

Versão para impressão
A-
A+


20/06/2014

Falta de chuva e preço baixo preocupam produtores de seringueira

De janeiro a maio, choveu 40% menos que o registrado em 2013

Google

A falta de chuva do começo do ano está mexendo com a produção de borracha, em São Paulo. A safra deve terminar antes do previsto e em muitas propriedades houve queda na quantidade de látex extraído dos seringais.

A estiagem diminuiu a quantidade de látex extraído. Em 2013, cada árvore produzia em média oito quilos de coágulo, enquanto hoje esse número não passa de sete. De janeiro a maio, choveu cerca de 390 milímetros na região, 40% a menos do que o registrado no mesmo período de 2013.

A falta de chuva influenciou também no desfolhamento das árvores. Geralmente as folhas da seringueira começam a cair em julho, um mês antes do fim da safra, mas este ano, por causa da estiagem, o processo foi antecipado. Quanto menos verde a planta está, menor é a quantidade de látex durante a sangria.

São Paulo responde por 55% da safra de borracha brasileira. A Associação dos Produtores de Borracha do Noroeste Paulista está negociando o quilo do coágulo por R$1,86, valor quase 25% menor do que em junho do ano passado. Os preços são ditados pelo mercado internacional e vêm caindo a cada ano, reflexo do aumento de oferta em países como Vietnã, Malásia e Indonésia, grandes produtores mundiais.

Entre 1990 e 1996, os agricultores brasileiros tiveram até que receber subsídio do governo por causa dos preços. O presidente da Associação, Osvaldo Rodolfo, vê uma situação parecida agora e cobra medidas de auxílio.

 


Fonte: Painel Florestal



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (0)


CIFlorestas disse:

19/04/2019 às 04:22

Nenhum comentário enviado até o momento.

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

As mais lidas


Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

O que você acha da implantação do Cadastro Ambiental Rural (CAR)?

Trará benefícios aos produtores rurais
Trará benefícios ao meio ambiente
Trará benefícios apenas para o governo
Trará benefícios aos produtores rurais, ao meio ambiente e ao governo
Não muda a situação dos produtores rurais, nem do meio ambiente

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


1331 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey