Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/storage/7/ab/56/ciflorestas/public_html/controle/nuvemtags_gerar.php on line 16

Warning: max() [function.max]: Array must contain at least one element in /home/storage/7/ab/56/ciflorestas/public_html/controle/nuvemtags_gerar.php on line 53

Warning: min() [function.min]: Array must contain at least one element in /home/storage/7/ab/56/ciflorestas/public_html/controle/nuvemtags_gerar.php on line 55
CIFlorestas>>Notícia>>Especialistas analisam investimentos no setor C&P

Facebook Twitter RSS

Notícia

Versão para impressão
A-
A+


10/04/2013

Especialistas analisam investimentos no setor C&P

Prazo programado para executar investimentos até 2020 deve ser estendido

Foto Divulgação

O setor de celulose e papel sinaliza expansão no cenário brasileiro. O País atraiu muitos investimentos devido à boa oferta de terras e clima favorável. Mas o número de fábricas que entrarão em operação extrapolou um pouco a média anual. É preciso reavaliar os novos projetos para que o impacto dessa oferta adicional de celulose no mercado seja administrado a longo prazo.

Apesar do novo ciclo de expansão, aindústria brasileira de celulose e papel não vai executar os US$ 20 bilhões em investimentos programados em base florestal e novas fábricas dentro do intervalo pretendido, de 2010 a 2020. Uma parte dos projetos de celulose escorregou na linha do tempo e chegará ao mercado com alguns anos de atraso, por causa do impacto que a elevada oferta adicional, em curto intervalo de tempo, terá sobre a rentabilidade da indústria e o retorno do investimento.

A perspectiva é de que uma nova fábrica entre no mercado, por ano, até o fim da década. O ritmo ideal, seria que uma nova unidade, com capacidade para 1,5 milhão de toneladas anuais, entrasse em operação a cada dois anos. Essa é a avaliação de Marcelo Castelli, presidente da Fibria. “O cenário traçado para 2014 e 2015 pode levar a uma reorganização da indústria”, alertou Castelli em declaração ao Valor Econômico.

Na avaliação da Bracelpa, “a quantidade de projetos afetam a rentabilidade de qualquer empresa, no curto prazo” declara Elizabeth Carvalhaes, presidente-executiva da Associação Brasileira de Celulose e Papel. Em entrevista ao Valor, ela acrescenta ainda que “pode haver postergação de um ou outro empreendimentos, como já aconteceu. Mas não houve cancelamentos, uma vez que o foco está no longo prazo”.

Isso vai ao encontro da opinião de especialistas, que analisam os investimentos sob a perspectiva do longo prazo, afirmando que há no país espaço para a realização de todos os projetos já anunciados e sinalizados no segmento de celulose. O intervalo inicial de investimentos programados entre 2010 e 2020 deve se estender até 2025. Segundo a Pöyry, até lá, a estimativa é que a demanda global por fibra curta de mercado, não integrada à produção de papel, cresça à taxa média de 3,1% ao ano.

Para esse ano, o impacto esperado será sentido com a entrada de operação da primeira fábrica da Eldorado Brasil Celulose, de Montes del Plata (joint venture entre Stora Enso e Arauco no Uruguai), da unidade da Suzano Papel e Celulose no Maranhão, da expansão da CMPC Celulose Riograndense e da nova linha da Klabin (que vai produzir três tipos diferentes da matéria-prima). Essas ações representam mais de 6 milhões de toneladas adicionais de fibra curta em pouco mais de três anos. A produção global consumida em 2011 ultrapassou 26 milhões de toneladas.

Há também uma chance de alívio para o cenário dessa sobre oferta. Alguns fechamentos tem sido anunciado globalmente e isso representa a saída de 1 milhão de toneladas de matéria-prima. “Há uma expectativa de que os fechamentos de capacidade fiquem entre 800 mil e 1 milhão de toneladas por ano”, ponderou ao Valor, o vice-presidente executivo da Pöyry Tecnologia, Carlos Alberto Farinha e Silva.


Fonte: Valor Econômico / Adaptado por CeluloseOnline



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (0)


CIFlorestas disse:

20/05/2019 às 03:01

Nenhum comentário enviado até o momento.

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

As mais lidas


Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

Do ponto de vista técnico e operacional, qual é a melhor unidade para comercialização da madeira para carvão?

volume de madeira sólida (metro cúbico)
tonelada de madeira
metro estéreo ou metro de lenha
unidade ou peças de madeira

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


1385 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey