Facebook Twitter RSS

Avanço e Pesquisa

Versão para impressão
A-
A+


27/03/2008

EPAMIG destaca sustentabilidade energética e compromisso ambiental

EPAMIG acaba de publicar mais uma edição do Informe Agropecuário: Eucalipto.

Nesta edição foram reunidas informações e tecnologias sobre a cultura do eucalipto capazes de promover o desenvolvimento da atividade de forma lucrativa e ambientalmente correta.

A matriz energética com base em combustíveis fósseis é insegura, cara e tem como agravante ser deletéria ao meio ambiente. Fontes alternativas, ecologicamente viáveis, têm sido buscadas e, entre elas, inclui-se a madeira, que apresenta ampla versatilidade de usos. Florestas plantadas, graças ao seu alto potencial renovável e produtivo, especialmente no caso brasileiro, expressam um modelo energético ambientalmente mais saudável e socialmente mais justo, sendo uma das fontes de energia que possibilita uma das maiores taxas de geração de emprego por recurso monetário investido.

Aproximadamente, 56,14% do território brasileiro são cobertos por florestas nativas; 0,7% por florestas plantadas e o restante, 43,27%, por outros usos. Essa ampla extensão de cobertura florestal coloca o Brasil numa posição estratégica nas questões ambientais mundiais, além de dotá-lo de um grande potencial produtivo madeireiro e não-madeireiro. Uma das potenciais fontes de recursos para o setor florestal brasileiro são os serviços ambientais, em particular, a fixação de carbono, a proteção de mananciais, a conservação das margens das hidrovias, preservação da biodiversidade e o equilíbrio climático. Em todo o mundo têm sido criados fundos de investimentos, que aplicam recursos em projetos florestais, visando retornos financeiro e ambiental.

Em Minas Gerais, as exportações de produtos elaborados a partir de florestas plantadas pelo Estado geraram, entre janeiro e outubro de 2007, US$ 490 milhões, representando crescimento de 32% em relação ao mesmo período de 2006. O setor é o terceiro na pauta de exportações do agronegócio mineiro, ficando atrás apenas do café e da carne. Diante dessas perspectivas, o governo de Minas criou, no ano passado, a Câmara Técnica de Desenvolvimento Florestal e o Pólo de Excelência em Florestas, com o objetivo de fortalecer a cadeia produtiva florestal, promovendo o crescimento do setor de forma sustentável, preservando as matas nativas. Esta Câmara envolve as secretarias de Agricultura, Pecuária e Abastecimento; Meio Ambiente; Ciência e Tecnologia; Desenvolvimento Econômico; Planejamento e Gestão e da Fazenda.

Segundo o presidente da EPAMIG, Baldonedo Napoleão, a escolha do tema desse Informe Agropecuário é bem adequado para este momento da economia nacional, pois “o eucalipto tem sido a principal opção para reflorestamento, em virtude de seu crescimento acelerado, vigor, precocidade e adaptação a diferentes habitats. É utilizado, principalmente, para produção de carvão vegetal, de celulose e papel, bem como chapas, lâminas, compensados, aglomerados, madeira serrada, e móveis. Além dos usos tradicionais, podem ser obtidos também, óleos essenciais e mel”, explica.

Informe Agropecuário da EPAMIG: EUCALIPTO
Páginas: 128
Preço: R$12,00
Telefax do Setor de Publicações: (31) 3489-5002
e-mail: publicacao@epamig.br


Fonte: Ascom EPAMIG



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (0)


CIFlorestas disse:

21/08/2019 às 16:30

Nenhum comentário enviado até o momento.

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

O que você acha da implantação do Cadastro Ambiental Rural (CAR)?

Trará benefícios aos produtores rurais
Trará benefícios ao meio ambiente
Trará benefícios apenas para o governo
Trará benefícios aos produtores rurais, ao meio ambiente e ao governo
Não muda a situação dos produtores rurais, nem do meio ambiente

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


1128 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey