Facebook Twitter RSS

Notícia

Versão para impressão
A-
A+


10/07/2017

Energia limpa com o calor do sol



Ao descobrir o efeito fotovoltaico, em 1839, talvez o francês Alexandre-Edmond Becquerel não tenha imaginado que o fenômeno que permite a conversão da luz solar em eletricidade fosse se tornar tão importante para a agricultura no século 21. Pois a instalação de microusinas fotovoltaicas vem ganhando força como uma forma mais barata e sustentável de garantir a geração de energia. Segundo a Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica), existem atualmente em Minas Gerais 35 empreendimentos rurais com mini ou microusinas. E esse número pode crescer ainda mais: a Adenor (Agência de Desenvolvimento do Norte de Minas) já identificou outras 120 áreas aptas para instalação dessas usinas.
 
Com o sol intenso, especialmente entre abril e outubro, o Norte de Minas tem tudo para se firmar como o maior produtor de energia alternativa em Minas Gerais. Em cinco municípios da região já há propriedades com o sistema fotovoltaico: Manga, Augusto de Lima, Capitão Enéas, Francisco Sá e Montes Claros. O agricultor Edvaldo Lopo Alkimim é um dos que já se convenceram dos benefícios da energia alternativa: há três meses ele inaugurou a primeira microusina remota de Minas Gerais, capaz de gerar de energia 71,50 Kwp/hora.
 
Por enquanto, a energia gerada é destinada ao consumo da padaria que ele tem em Manga, Norte de Minas. Como adotou o sistema solar interligado à rede (o chamado on grid), a energia gerada volta para a rede elétrica e vira crédito com a operadora local. Com isso, ele já está economizando entre R$ 7 mil e R$ 8 mil mensais com a conta de luz que pagava pelo consumo na padaria. “Eu gastei um ano para tomar a decisão de instalar a usina, só fazendo contas. Mas hoje tenho a certeza de que valeu a pena e estou me sentindo realizado”, comemora o produtor. O projeto custou R$ 500 mil e foi implementado em 15 dias por uma empresa espanhola. O dinheiro veio de um financiamento para pagamento em sete anos. O resultado foi tão bom que para o ano que vem Edvaldo Lopo tem planos de instalar outra microusina para atender ao consumo da Fazenda Vista Alegre – uma área de 110 hectares que tem a produção de leite como a principal atividade. “Estou considerando que é um investimento seguro e muito interessante do ponto de vista econômico, sem falar no meio ambiente”, diz ele.
 
POTENCIAL 
De fato, a economia gerada com a conta de luz é um grande atrativo para os agricultores. “Se o produtor tem condições de fazer essa geração distribuída de energia, criando um sistema de autossuprimento, é interessante porque ele reduz custos e ainda aproveita recursos disponíveis”, diz Ana Paula Mello, coordenadora de Meio Ambiente da FAEMG. “A energia solar tem um potencial grande no país, temos sol praticamente o ano inteiro, e a tecnologia vem ganhando mais força recentemente”, afirma Ana Paula Mello.
 
A coordenadora da Faemg ressalta que, além de resultar em um custo menor com o consumo de energia, o sistema fotovoltaico tem um sistema modular. “O interessante é que, devido à característica modular dessa tecnologia, você pode instalar uma parte, dentro de sua capacidade financeira, ou dentro do seu plano de uso atual, e ao longo do tempo aumentar a capacidade nominal instalada. Sistemas modulares têm a vantagem que você não investe quantidades vultosas de dinheiro e de espaço pensando em um uso futuro, pois é possível ampliar de acordo com a necessidade”, explica.
 
Segundo ela, há também aplicações possíveis em comunidades rurais para fornecer energia para uma bomba de enchimento da caixa-d’água, por exemplo. Geralmente, nas propriedades rurais são instalados os sistemas isolados (chamados off grid), sem interligação à rede. Nesse caso, é preciso ter um sistema de armazenamento, por meio de baterias, já que sem o Sol não há geração de energia. O investimento financeiro necessário é, às vezes, um empecilho para quem quer adotar o sistema. Mas, além da possibilidade de financiamento público, já há uma grande variedade de fabricantes dos painéis, alguns, inclusive, nacionais, o que reduz o custo de instalação das microusinas.
 
» Como é o sistema
 
» Energia fotovoltaica é aquela produzida a partir da luz solar, mesmo em dias nublados ou chuvosos. Quanto maior for a radiação solar, maior será a quantidade de eletricidade produzida. O processo de conversão da energia solar utiliza células fotovoltaicas (normalmente feitas de silício ou outro material semicondutor). Há cinco tipos de sistema fotovoltaico: residencial solar conectado à rede; comercial solar conectado à rede; industrial solar conectado à rede; isolado/autônomo de energia solar; e híbrido de energia solar.
 
» Como é o processo
 
» O painel solar reage com a luz do Sol e produz energia elétrica. Os painéis são instalados no telhado e ficam lado a lado, conectados em um inversor solar.
 
» O inversor converte a energia solar dos painéis em energia para o funcionamento de qualquer equipamento elétrico.
 
» A energia que sai do inversor solar vai para o quadro de luz e é distribuída para a casa ou empresa.
 
» O excesso de energia volta para a rede elétrica pelo relógio de luz e vira crédito de energia.


Fonte: Estado de Minas



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (0)


CIFlorestas disse:

19/01/2018 às 23:10

Nenhum comentário enviado até o momento.

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

O que você acha da implantação do Cadastro Ambiental Rural (CAR)?

Trará benefícios aos produtores rurais
Trará benefícios ao meio ambiente
Trará benefícios apenas para o governo
Trará benefícios aos produtores rurais, ao meio ambiente e ao governo
Não muda a situação dos produtores rurais, nem do meio ambiente

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


385 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey