Facebook Twitter RSS

Avanço e Pesquisa

Versão para impressão
A-
A+


26/10/2010

Embrapa mostra em seminário os avanços das pesquisas desenvolvidas com a cultura do guaraná

O evento enfatizou as principais atividades de pesquisa desenvolvidas no Campo Experimental de Maués, como parte da estratégia da Embrapa Amazônia Ocidental em promover a interiorização do conhecimento científico e tecnológico gerado pelas pesquisas e inovações agropecuárias visando o aumento de produção e a sustentabilidade da agricultura familiar no Estado do Amazonas.

Em comemoração aos 35 anos de atuação no Estado e integrando a programação da 7ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia no Amazonas, a Embrapa Amazônia Ocidental realizou ontem (25) de outubro, no município de Maués (AM), o seminário Avanços das Pesquisas Desenvolvidas com a Cultura do Guaraná. O evento enfatizou as principais atividades de pesquisa desenvolvidas no Campo Experimental de Maués, como parte da estratégia da Embrapa Amazônia Ocidental em promover a interiorização do conhecimento científico e tecnológico gerado pelas pesquisas e inovações agropecuárias visando o aumento de produção e a sustentabilidade da agricultura familiar no Estado do Amazonas.

Na oportunidade, será inaugurado o Centro de Capacitação de Agentes para o Desenvolvimento Rural Sustentável de Maués, construído com recursos do Programa de Fortalecimento e Crescimento da Embrapa e de emenda parlamentar da deputada federal Rebecca Garcia. O espaço será voltado para capacitação de técnicos extensionistas e de agricultores familiares em atividades relacionadas ao cultivo do guaraná e de outras atividades produtivas em Maués e dos municípios adjacentes.

No Campo Experimental de Maués são desenvolvidas pesquisas para a solução dos gargalos tecnológicos do segmento agrícola da cadeia produtiva do guaraná. Possui infra-estrutura necessária para apoiar as atividades de pesquisa e agora terá um espaço para proporcionar capacitação e treinamento.

O seminário terá início às 14h, com a palestra “Pesquisas Desenvolvidas pela Embrapa Amazônia Ocidental” a ser proferida pela chefe-geral da Embrapa Amazônia Ocidental, Maria do Rosário Lobato Rodrigues, que fará uma abordagem geral da atuação da empresa com destaque à cultura do guaraná.

Em seguida, o pesquisador André Luiz Atroch, membro da equipe de Genética e Melhoramento de Plantas, abordará o tema “O Guaranazeiro e os Avanços do Programa de Melhoramento Genético da Embrapa Amazônia Ocidental”. Dentro desse programa, a Embrapa já disponibilizou 12 cultivares clonais de guaranazeiro que além de serem resistentes à antracnose - a principal doença do guaranazeiro - também são altamente produtivas.

Os impactos sociais, econômicos e ambientais das tecnologias do guaranazeiro, também são objetivo de estudo da Embrapa e os resultados da avaliação dos impactos de uso das cultivares de guaraná lançadas pela Embrapa Amazônia Ocidental será demonstrada na palestra “Avaliação de Impacto Sociais, Econômicos e Ambientais das Tecnologias geradas pela Embrapa Amazônia Ocidental para a cultura do guaraná”, que será proferida pela analista Elizângela França, membro da equipe de transferência e negócios da Embrapa Amazônia Ocidental.

Finalizando a programação será inaugurado o Centro de Capacitação, um dos três novos espaços que a Embrapa disponibiliza no interior do Estado voltados para a capacitação e transferência de tecnologias, sendo dois centros de Capacitação de Agentes para o Desenvolvimento Rural Sustentável (Iranduba e Maués) e o Núcleo de Apoio à Pesquisa e Transferência de Tecnologias para o Baixo Amazonas, que será inaugurado dia 27 de outubro, no município de Parintins.

 

 


Fonte: Embrapa Amazônia Ocidental



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (1)


Rafael disse:

12/12/2011 às 17:55

As inovações tecnológicas, trazidas pela embrapa são muito boas e muito útil, principalmente no nosso produto, que é o guaraná. parabens a toda equipe da embrapa!

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

As mais lidas


Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

Do ponto de vista técnico e operacional, qual é a melhor unidade para comercialização da madeira para celulose?

volume de madeira sólida (metro cúbico)
tonelada de madeira
metro estéreo ou metro de lenha
unidade ou peças de madeira

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


3720 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey