Facebook Twitter RSS

Avanço e Pesquisa

Versão para impressão
A-
A+


05/06/2014

Doenças fúngicas limitantes da produtividade da heveicultura

Dissertação apresentada à Universidade Federal de Viçosa, de autoria de Sara Salcedo Sarmiento, relata sobre a identificação de espécies de Colletotrichum associadas à antracnose foliar da seringueira.

Foto ilustrativa - Google
O látex produzido pela Hevea brasiliensis (Willd. ex A. Juss.) Müll. Arg. é matéria prima para diversos produtos de ampla utilização, em especial na indústria de pneus. Nos plantios comerciais estabelecidos em áreas úmidas da América do Sul, a ocorrência de doenças é o principal fator limitante para a maior produtividade da cultura. Duas doenças fúngicas comumente relatadas como severas são a antracnose, causada por Colletotrichum spp., e o mal das folhas causado por Microcyclus ulei (P. Henn v. Arx.) (Gasparoto et al., 1997).
           
Os sintomas da antracnose foliar da seringueira são tipicamente lesões necróticas que podem causar o enrugamento dos folíolos e, em etapas avançadas, a desfolha prematura, reduzindo a área foliar.           
           
Desde o relato inicial da doença, várias espécies de Colletotrichum são mencionadas como sendo o agente etiológico. No Brasil, até o momento, nenhum estudo foi realizado com o propósito de identificar as espécies associadas à antracnose foliar da seringueira.
           
Neste contexto, a Universidade Federal de Viçosa realizou um estudo com o objetivo de gerar informações acerca da natureza do agente etiológico da antracnose da seringueira, mediante caracterização morfológica e análises filogenéticas moleculares. Objetivou-se também desenvolver procedimento para o diagnóstico molecular de Colletotrichum spp. associadas à seringueira.
           
Isolados de Colletotrichum spp. foram obtidos de folhas de seringueira, diferentes regiões genômicas foram sequenciadas e as principais características morfológicas de relevância taxonômica foram estudadas. Isolados pertencentes a três complexos de espécies de Colletotrichum foram identificados: complexo C. acutatum; complexo C. gloeosporioides; e complexo C. boninense. Primers desenhados com base na região que codifica para a gliceraldeído-3-fosfato desidrogenase (GAPDH) permitiram a amplificação de bandas específicas para os isolados de Colletotrichum associados a cada um dos três complexos de espécies mencionados.
           
Os resultados da pesquisa indicaram que há diferentes espécies de Colletotrichum associadas à antracnose foliar da seringueira; foram detectados isolados pertencentes a três complexos de espécies de Colletotrichum associados à doença; indivíduos do complexo de C. acutatum foram encontrados mais frequentemente associados à antracnoses foliar da seringueira; primers específicos baseados na sequência do gene GAPDH permitem diagnóstico a nível de complexo de espécies de Colletotrichum que afetam seringueira usando técnicas de PCR convencional.
 
Saiba mais sobre através da Biblioteca Digital Florestal.


Fonte: Josiane Almeida e Marina Lotti - BIC: Biblioteca Digital Florestal



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (0)


CIFlorestas disse:

06/12/2019 às 10:37

Nenhum comentário enviado até o momento.

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

As mais lidas


Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

O que você acha da implantação do Cadastro Ambiental Rural (CAR)?

Trará benefícios aos produtores rurais
Trará benefícios ao meio ambiente
Trará benefícios apenas para o governo
Trará benefícios aos produtores rurais, ao meio ambiente e ao governo
Não muda a situação dos produtores rurais, nem do meio ambiente

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


1958 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey