Facebook Twitter RSS

Notícia

Versão para impressão
A-
A+


11/04/2011

Documento propõe equilibrar produção agrícola e conservação ambiental

Instituto Icone apresentou na Fiesp cartilha de recomendações para contribuir com debate do Código Florestal

André Nassar, diretor do Icone. Foto: Everton Amaro

Elaborado pela necessidade de debater a reforma do Código Florestal, o Instituto de Estudos do Comércio e Negociações Internacionais (Icone) apresentou o documento Agricultura, Conservação Ambiental e a reforma do Código Florestal, durante a reunião com a ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, nesta segunda-feira (4), na sede da Fiesp.

Propostas e sugestões para que a ocupação e o uso da terra sejam feitos de forma a equilibrar conservação ambiental, produção agrícola e desenvolvimento econômico compõem o texto.

Segundo André Nassar, diretor-geral do Icone e um dos autores do documento, se forem consideradas as previsões da Organização Mundial para Agricultura e Alimentos (FAO), a produção de oleaginosas, no Brasil, terá que dobrar até 2050 e a de carnes, aumentar até 70%.

“É esperado pelo mundo que o Brasil cresça. Não que o Código Florestal vá impedir este crescimento, mas deve-se levar em conta que o crescimento da agricultura é uma externalidade positiva para o mundo”, afirmou Nassar. Para ele, a produção atual de soja, no País, de 62 milhões de toneladas terá que crescer mais 105 milhões de toneladas, assim como a produção de frango em mais 16 milhões na mesma medida.

Impacto

Em projeções para o desempenho da agricultura para 2022, o efeito na área de produção de grãos sairia de 37 milhões de hectares para 43 milhões, mas se houvesse a restauração do passivo em área produtiva, o diretor do Icone afirmou que a mesma área cairia em 8,4%. Cana de açúcar sofreria queda de 6%; pastagens 26% e a área agrícola total cairia 21,8%, ou seja, 40 milhões de hectares.

“O restauro em área produtiva traria um impacto enorme em termos de área plantada e, principalmente, em termos de preço. Por exemplo, o preço real da soja até 2022 cresceria 2% e, com o restauro, o preço subiria 25%”, alertou Nassar. Para o diretor, quando há expansão da agricultura com forte intensificação das pastagens, há redução do impacto.

“É na combinação da expansão da fronteira com as intensificações de pastagens é que se obtêm os melhores níveis de produção e os menores impactos em preço, o melhor resultado para o produtor agrícola e para os consumidores”, ponderou Nassar.

Para visualizar o documento elaborado pelo instituto Icone, clique aqui

Edgar Marcel, Agência Indusnet Fiesp


Fonte: www.fiesp.com.br



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (0)


CIFlorestas disse:

08/07/2020 às 02:34

Nenhum comentário enviado até o momento.

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

As mais lidas


Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

O que você acha da implantação do Cadastro Ambiental Rural (CAR)?

Trará benefícios aos produtores rurais
Trará benefícios ao meio ambiente
Trará benefícios apenas para o governo
Trará benefícios aos produtores rurais, ao meio ambiente e ao governo
Não muda a situação dos produtores rurais, nem do meio ambiente

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


2838 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey