Facebook Twitter RSS

Notícia

Versão para impressão
A-
A+


17/04/2012

Dilma pode inaugurar fábrica de celulose da Eldorado em Três Lagoas

A afirmação é do empresário Mário Celso Lopes, membro do Conselho de Administração.

O convite para a presidente Dilma Roussef inaugurar a fábrica de celulose da Eldorado em Três Lagoas já está no Palácio do Planalto, segundo o empresário Mário Celso Lopes, membro do Conselho de Administração, que acredita na presença da presidente Dilma Rousseff para a inauguração pelo porte do empreendimento.

Os números impressionam quando se fala do volume de investimentos e da dimensão do projeto. A produção inicial será de R$ 1,5 milhão de toneladas/ano. Entre os meses de outubro e novembro entra em fase de montagem e operação. Encravada na confluência das hidrovias do Tietê e São Paulo, a fábrica ocupa área total de 8.920.000 m2, sendo 5.700.000 m2 da unidade industrial, e 3.220.000 m2 de área preservada.

Os investimentos chegam a R$ 6,2 bilhões. Desse volume, R$ 1,8 bilhão já foi integralizado no capital da empresa, que tem participação dos grupos J&F (JBS) com a maior participação acionária, de 50,15%%; FIP Florestal, 33,13%, e grupo MJ, com 16,72%. O aporte do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) é de R$ 2,5 bilhões. Os fundos de pensão do Banco do Brasil e da Caixa também são acionistas, por meio da FIP Florestal.
PRINCÍPIOS SOCIOAMBIENTAIS

De acordo com o site oficial do empreendimento, pela própria origem do seu negócio a Eldorado adotará as melhores tecnologias e práticas comprovadas para fabricação de celulose. “Os padrões estabelecidos pela Eldorado para emissões atmosféricas, geração de efluentes líquidos e resíduos sólidos, são bem abaixo dos limites estabelecidos pela legislação”, informa o site.

A Eldorado busca atingir o circuito fechado do processo produtivo, a começar pela energia gerada na fábrica, proveniente da lignina extraída no processo do cozimento e resíduos de madeira do pátio. Além de a futura fábrica ser autossuficiente em energia, aplicará o método de compostagem nos resíduos sólidos do processo, utilizando-os nas florestas de eucaliptos como fertilizantes, a fim de evitar o uso de aterros.

A gestão baseada em sustentabilidade será aplicada desde o campo, já na etapa de coleta da madeira. O processo de colheita com equipamentos Harvester permitá retirar as cascas das árvores dentro da própria área de plantio, deixando-as no terreno de forma distribuída e sem a necessidade de tratamento adicional. A técnica é ambientalmente vantajosa. Como boa parte dos nutrientes contidos nas árvores é encontrada na casca, nos galhos e nas folhas, mantê-las na floresta evita a erosão do solo, dispensando o uso de uma série de fertilizantes para sua recuperação.

A Eldorado vai conduzir toda a cadeia de produção e industrialização do eucalipto – do plantio ao transbordo da celulose até os portos, garantindo assim custo de produção mais baixo.


Fonte: Perfil News



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (0)


CIFlorestas disse:

18/01/2021 às 14:53

Nenhum comentário enviado até o momento.

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

Do ponto de vista técnico e operacional, qual é a melhor unidade para comercialização da madeira para carvão?

volume de madeira sólida (metro cúbico)
tonelada de madeira
metro estéreo ou metro de lenha
unidade ou peças de madeira

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


1321 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey