Facebook Twitter RSS

Notícia

Versão para impressão
A-
A+


21/02/2014

Design de látex é tema de workshop para comunitários no Acre

Artesãos vão aprender a fazer artesanatos com latex

(Foto: Amanda Borges/G1)

 Termina nesta sexta-feira (21) o Workshop de Design em Látex, ministrado por professores do Istituto Europeo di Design, entidade italiana referência em formação avançada de design. Comunitários da Reserva Extrativista (Resex) do Cazumbá-Iracema e representantes da Associação dos Moradores e Produtores da Reserva Extrativista (Resex) Chico Mendes estão participando. O curso ocorre na Escola da Floresta, em Rio Branco (AC).

Artesãos que já trabalham com o látex estão sendo capacitados na Metodologia de Design Estratégico desde segunda-feira (17). A iniciativa é parte do parte do Projeto Acre Látex Design Lab, desenvolvido pelo Governo do Acre, e busca preparar os comunitários para o mercado e torná-los mais competitivos.

O Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), parceiro neste processo, desenvolve o Projeto Artesanato Acreano ExpoArte, que tem o objetivo de levar os produtos desenvolvidos pelos comunitários para os grandes eventos mundiais que o Brasil vai sediar. "Estamos preparando esses artesãos, microempreendedores, para apresentarem produtos de qualidade e mostrar a cultura do Acre", explica Sirlana Peres, gerente da unidade de comércio e serviços do Sebrae-Acre.

Para o chefe da Resex Cazumbá-Iracema, Tiago Juruá, o projeto tem contribuído muito para o desenvolvimento do artesanato na região. "As parcerias com o Governo do Estado, Sebrae e agora com o Istituto Europeo di Design são fundamentais para que os artesãos possam desenvolver suas habilidades com profissionais da área do design. Eles têm a oportunidade de conhecer assim tendências mundiais, ao mesmo tempo em que trocam experiências e conhecimentos, buscando criar uma identidade própria para o artesanato acreano de látex e agregando valor ao produto, o que possibilita a inserção dos artesanatos de forma mais qualificada e direcionada no mercado, gerando renda para as famílias extrativistas", afirmou.


Fonte: ICMBio



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (1)


Carmen Pereira disse:

05/02/2015 às 20:02

LINDO TRABALHO, PARABÉNS PELO PROJETO.

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

Do ponto de vista técnico e operacional, qual é a melhor unidade para comercialização da madeira para celulose?

volume de madeira sólida (metro cúbico)
tonelada de madeira
metro estéreo ou metro de lenha
unidade ou peças de madeira

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


1757 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey