Facebook Twitter RSS

Notícia

Versão para impressão
A-
A+


23/08/2013

Deputados do MT aprovam lei que prevê manejo florestal apenas com o CAR

Aprovado por unanimidade, agora não é mais necessário a solicitação da Licença Ambiental Única (LAU), que demorava dois anos para ser liberada

A iniciativa no Mato Grosso deve ser estender para outros Estados que ainda sofrem com esta burocracia

Foi aprovado em segunda votação por unanimidade o Projeto de Lei nº 14/2013, de autoria dos deputados estaduais Dilmar Dal’Bosco (DEM) e José Riva (PSD), que prevê modificação no Código Ambiental do Estado do Mato Grosso, para que o Manejo Florestal seja autorizado com apenas a apresentação do Cadastro Ambiental Rural (CAR).

A aprovação ocorreu na última quarta-feira, 21, durante sessão ordinária da Assembleia Legislativa (AL). Portanto, de agora em diante, não é mais necessário solicitar a Licença Ambiental Única (LAU), que demora, em média, dois anos para ser liberada.

Segundo o presidente do Centro das Indústrias Produtoras e Exportadoras do Estado de Mato Grosso (Cipem), João Carlos Baldasso, este projeto merece uma comemoração. “O fim da exigência da Licença Ambiental Única para o Manejo Florestal é uma vitória importante", disse. Isso porque a LAU era um dos maiores gargalos para o desenvolvimento da atividade. "Isso também resolve boa parte das dificuldades do setor, já que adequa a legislação ambiental do Estado ao novo código Florestal Brasileiro”, explicou Baldasso.

O gestor do Cipem também agradeceu à Assembleia Legislativa pela aprovação unânime do projeto, em especial, aos deputados: Dilmar Dal Bosco (DEM) e José Riva (PSD), que se dedicaram trabalhando na luta, que é um antigo anseio do setor de base florestal.

Na ocasião, Dal Bosco destacou a aprovação do projeto como uma grande conquista do setor. “É um projeto muito importante na valorização desses grandes empreendedores que geram empregos e fazem a parte social do estado, ajudando no desenvolvimento do Mato Grosso. Um projeto que simplifica o CAR e elimina a LAU, diminui a burocracia dentro da Sema (Secretaria de Estado de Meio Ambiente) dando agilidade nos procedimentos da liberação do Manejo Florestal, valorizando o profissional engenheiro florestal”, comentou.

O democrata também parabenizou a participação efetiva do Cipem e dos sindicatos de base florestal, que, em conjunto, colaboraram na construção da Lei para ajudar a contribuir com o Estado através da geração de emprego e renda para a sociedade.

Já Riva avaliou a medida como uma das mais justas para o empreendedor da área de gestão florestal. “É inconcebível o empresário esperar mais de um ano para tirar uma LAU e depois disso entrar com o Projeto de Manejo, que demora mais um ano para liberação, ficando o setor dois anos sem produzir, o que tem gerado muito desemprego no Norte do Estado”, ressaltou.

O social democrata também chamou a atenção em relação à garantia ambiental do Manejo para a conservação da floresta. “Os governos federal, estadual, Ministério do Meio Ambiente e os ambientalistas precisam incentivar o máximo de Manejo nesse País, porque a área que é feita o manejo fica sob vigilância permanente não podendo sofrer o desmatamento ilegal”, destacou Riva.

 


Fonte: Painel Florestal - Assessoria



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (0)


CIFlorestas disse:

24/02/2019 às 03:09

Nenhum comentário enviado até o momento.

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

As mais lidas

COLHEITA DE CHUVAS NO CAMPO


Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

Do ponto de vista técnico e operacional, qual é a melhor unidade para comercialização da madeira para celulose?

volume de madeira sólida (metro cúbico)
tonelada de madeira
metro estéreo ou metro de lenha
unidade ou peças de madeira

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


1271 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE   |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey