Facebook Twitter RSS

Notícia

Versão para impressão
A-
A+


10/05/2010

Comunidade Indígena em Mato Grosso Retoma Extração de Látex

Uma comunidade indígena de Mato Grosso vem retomando a extração de látex de seringueiras nativas.

O projeto, realizado com apoio do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud) e em parceria com o governo do estado e com a fabricante de pneus Michelin, prevê o treinamento da comunidade conhecida como Rikbaktsa para melhorar a qualidade do látex oferecido no mercado e estimular o desenvolvimento local.

Cerca de 200 famílias já foram beneficiadas nos últimos dois anos. Segundo o Pnud, os equipamentos fornecidos e as sessões de treinamento estão ajudando os indígenas a extraírem látex de 20 mil árvores. Com o projeto, a renda das famílias locais aumentou de R$ 800 por mês em 2008, para atuais R$ 1,5 mil.

A comunidade, formada por 34 vilarejos, havia abandonado a prática há mais de 20 anos devido ao declínio no número de compradores e ao aumento da competição internacional.

 De acordo com o especialista em gestão ambiental em terras indígenas do Pnud Brasil, Plácido Costa,o noroeste da Amazônia, onde o povo Rikbaktsa se encontra, é uma região de tensão entre os modelos das estradas e das águas. "É uma região de tensão de dois modelos. E justamente está aí a grande importância de um projeto que pode olhar para a floresta não como um obstáculo a ser superado e sim como uma oportunidade tanto de geração de renda quanto de gestão territorial", afirmou.


Fonte: Revista Fórum



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (0)


CIFlorestas disse:

19/04/2019 às 00:22

Nenhum comentário enviado até o momento.

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

As mais lidas


Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

Do ponto de vista técnico e operacional, qual é a melhor unidade para comercialização da madeira para celulose?

volume de madeira sólida (metro cúbico)
tonelada de madeira
metro estéreo ou metro de lenha
unidade ou peças de madeira

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


3942 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey