Facebook Twitter RSS

Notícia

Versão para impressão
A-
A+


25/11/2014

Commercial Properties é contratada para efetuar vendas de áreas florestais

Liderada por Aloisio Barinotti, a empresa tem se destacado pelos estudos das áreas e no encontro do comprador potencial para fazer a venda

Aloisio Barinotti: CEO da Commercial Properties

Não basta vender bem, é preciso vender certo. Esta frase tem sido o lema de Aloisio Barinotti, CEO da Commercial Properties, no mundo dos negócios. A empresa tem se destacado na venda de grandes áreas – sejam imóveis comerciais, áreas rurais e empreendimentos em geral – não apenas por vender, mas por encontrar o comprador certo. E esta iniciativa tem atraído as empresas do setor florestal.

De acordo com Aloisio Barinotti, a Eldorado Brasil contratou a Commercial Properties para comercializar uma área total de 85 mil hectares, que está dividida em ativos florestais (50 mil hectares) e outros 35 mil hectares para a pecuária. Barinotti explicou que as áreas voltadas para o setor florestal estão localizadas no Estado de Mato Grosso do Sul, nos municípios de Água Clara, Dois Irmãos do Buriti e Anastácio. No Mato Grosso, há uma área em Barra do Garças, no Pontal do Araguaia.

Já no setor pecuarista, as áreas são em Corumbá e Dois Irmãos do Buriti – no Mato Grosso do Sul – e Alto Araguaia, no Mato Grosso. Segundo Barinotti, o bloco florestal vem sendo mostrado para fundos de investimentos nacionais e internacionais. “Estamos decidindo qual o grupo será melhor para fazermos a venda no caso do setor florestal. Já nas outras áreas, estamos conversando com pecuaristas e grupos de agronegócios, mas estas áreas também poderão ser utilizadas para o plantio de florestas”, adiantou Barinotti.

Antes da Eldorado Brasil, o grupo Hipermarcas havia contratado a Commercial Properties para desmobilizar cinco áreas: duas em Mogi das Cruzes, São Paulo; uma em Curitiba, uma no Rio de Janeiro e outra em Suape, em Pernambuco. Isso porque o grupo Hipermarcas mudou a área de produção para o Estado de Goiás. Para vender as áreas, foi feito um diagnóstico com a finalidade mostrar as potencialidades de negócios.

Neste estudo, a conclusão da Commercial Properties foi de que a área no Rio de Janeiro, por exemplo, era ideal para empresas que trabalham com logística. “É uma área de 300 mil metros quadrados, com uma área construída de 40 mil metros na Barra da Tijuca. O local é ideal para ser um centro de abastecimento”, destacou Aloisio Barinotti. Apresentado o projeto, o grupo brasileiro GB Armazéns venceu a concorrência e comprou a área por R$ 135 milhões. Este caso bem sucedido acabou atraindo o setor florestal.


Fonte: Painel Florestal



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (0)


CIFlorestas disse:

01/10/2020 às 17:10

Nenhum comentário enviado até o momento.

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

As mais lidas


Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

Do ponto de vista técnico e operacional, qual é a melhor unidade para comercialização da madeira para celulose?

volume de madeira sólida (metro cúbico)
tonelada de madeira
metro estéreo ou metro de lenha
unidade ou peças de madeira

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


1554 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey