Facebook Twitter RSS

Notícia

Versão para impressão
A-
A+


30/04/2009

Comércio Brasil-Argentina Volta a Ser Discutido por Empresários dos Dois Países

Empresários brasileiros e argentinos se reúnem até amanhã, em Buenos Aires, para mais uma rodada de reuniões setoriais para discutir o comércio bilateral. Estarão presentes representantes dos setores automotivo (freios, embreagens e baterias), lácteo (leite e soro de leite) e de calçados, farinha de trigo, máquina-ferramenta (tornos) e móveis de madeira.

Empresários brasileiros e argentinos se reúnem até amanhã, em Buenos Aires, para mais uma rodada de reuniões setoriais para discutir o comércio bilateral. Estarão presentes representantes dos setores automotivo (freios, embreagens e baterias), lácteo (leite e soro de leite) e de calçados, farinha de trigo, máquina-ferramenta (tornos) e móveis de madeira.

As entidades representadas serão: Associação Brasileira da Indústria do Trigo (Abitrigo), Associação Brasileira das Indústrias do Mobiliário (Abimóvel), Associação Brasileira das Indústrias de Calçados (Abicalçados), Sindicato Nacional da Indústria de Componentes para Veículos Automotores (Sindipeças), Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq) e Associação Brasileira dos Produtores de Leite (CBPL).

Os encontros serão acompanhados por representantes das respectivas áreas técnicas dos dois governos e não terão a presença do secretário-executivo do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), Ivan Ramalho, e nem do secretário de Indústria da Argentina, Fernando Fraguío. Esta será a terceira rodada de reuniões entre empresários dos dois países para discutir o comércio bilateral e possíveis autolimitações aos produtos brasileiros exportados para a Argentina.

No primeiro trimestre deste ano, o intercâmbio comercial Brasil-Argentina diminuiu 39,1% na comparação com o mesmo período de 2008, passando de US$ 7,262 bilhões (ano passado) para US$ 4,424 bilhões (este ano). As exportações brasileiras para a Argentina, nesse período, totalizaram US$ 2,236 bilhões - queda de 43,6% sobre janeiro-março de 2008 (US$ 3,967 bilhões). Na mesma comparação, as importações brasileiras de produtos argentinos caíram 33,6%, passando de US$ 3,295 bilhões em 2008 para US$ 2,189 bilhões em janeiro-março de 2009.

No período em análise, a Argentina recuou uma posição na lista de países compradores de produtores brasileiros, passando de segundo para terceiro lugar, abaixo dos Estados Unidos e da China. Com relação às importações, a Argentina se manteve na terceira posição no ranking de países dos quais o Brasil importa, ficando


Fonte: Portal Moveleiro



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (0)


CIFlorestas disse:

22/02/2019 às 06:17

Nenhum comentário enviado até o momento.

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

As mais lidas

COLHEITA DE CHUVAS NO CAMPO


Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

O que você acha da implantação do Cadastro Ambiental Rural (CAR)?

Trará benefícios aos produtores rurais
Trará benefícios ao meio ambiente
Trará benefícios apenas para o governo
Trará benefícios aos produtores rurais, ao meio ambiente e ao governo
Não muda a situação dos produtores rurais, nem do meio ambiente

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


1384 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE   |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey