Facebook Twitter RSS

Notícia

Versão para impressão
A-
A+


17/11/2011

Cocelpa otimiza fábrica e aumenta capacidade

A empresa elevou sua produção de embalagens de papel em 50% sobre o ano passado

17/11/2011 - A Cocelpa, controlada pelo grupo Ecoverdi, está investindo R$ 34 milhões na otimização de sua fábrica de papel e embalagem em Araucária (PR), com o intuito de aumentar produtividade, reduzir custos e melhorar margens. De acordo com o gerente geral da empresa, Luiz Eduardo Taliberti, a empresa está agora buscando obter níveis mais altos de produtividade em suas instalações existentes antes de investir em novas capacidades  e já conseguiu elevar sua produção de embalagens de papel em 50% sobre o ano passado, principalmente a partir do treinamento de pessoas e otimização de processos.

"O mercado brasileiro de embalagem de papel tem uma competitividade muito forte e isso requer um alto nível de produtividade e desempenho de cada fornecedor. As empresas que não trabalharem para aumentar produtividade em pelo menos 20% não serão capazes de competir", disse Taliberti. O executivo comentou que os preços atuais de embalagem de papel estão bem baixos, devido à pesada competição no mercado, e não por causa de pouca demanda. "A demanda está boa, mas os fornecedores estão muito competitivos e praticando preços baixos. A concorrência força os produtores locais a desenvolver melhores competências e a trabalhar para atingir margens maiores", Taliberti explicou, acrescentando acreditar que esse mercado terá importantes consolidações em breve.

Com o aumento de sua produção, a Cocelpa já está ganhando mercado no Brasil. "Conquistamos dois novos grandes clientes em sacos e caixas, mas como isso é muito recente ainda, não podemos precisar em quanto a nossa participação de mercado cresceu", o executivo afirmou. A fim de atender às necessidades dos clientes, a Cocelpa está buscando a transformação de uma "empresa de produto" para uma "empresa de serviços", oferecendo soluções completas de embalagem a seus clientes. "Estamos atuando dentro das fábricas de nossos clientes, desenvolvendo as embalagens junto com eles, de acordo com as necessidades deles", Taliberti explicou.

Atualmente, a maior parte das vendas da Cocelpa é direcionada ao mercado interno. "O dólar está muito baixo e não vale a pena exportar, apesar de que sempre mantemos algumas vendas no exterior para garantir nossa presença no mercado externo", Taliberti comentou.

Em relação a papel, a Cocelpa também considera reativar uma máquina de 12 t/dia que está na fábrica de Araucária. "Mas isso se dará apenas depois de fazermos todas as otimizações possíveis nos equipamentos que estão operando atualmente", disse Taliberti.

No que se refere a papelão ondulado, a Cocelpa possui uma onduladeira na planta de Araucária e, recentemente, comprou duas novas máquinas de corte e vinco. A empresa usa tanto kraftliner como papel reciclado para fazer suas caixas. O kraftliner é produzido na máquina 2 da fábrica de Araucária, enquanto o miolo vem da Conpel, outra empresa do grupo Ecoverdi, localizada em Conde, próximo a João Pessoa (PB).

A MP 2 de Araucária produz 26 mil t/ano de papel kraftliner e 70 mil t/ano de papel extensível para sacos.

Por Renata Mercante, Editora, PPI América Latina, rmercante@risi.com 
Esta reportagem é conteúdo da PPI América Latina, uma publicação da RISI que cobre os mercados e preços de celulose e papel na América Latina. Se você tem interesse em receber a PPI América Latina, envie um email para ppila@risi.com ou acesse http://www.risiinfo.com.br


Fonte: Celulose Online



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (0)


CIFlorestas disse:

03/08/2020 às 09:03

Nenhum comentário enviado até o momento.

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

As mais lidas


Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

Do ponto de vista técnico e operacional, qual é a melhor unidade para comercialização da madeira para celulose?

volume de madeira sólida (metro cúbico)
tonelada de madeira
metro estéreo ou metro de lenha
unidade ou peças de madeira

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


2590 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey