Facebook Twitter RSS

Notícia

Versão para impressão
A-
A+


22/07/2015

Cinco estados respondem por 68% das exportações do agronegócio brasileiro

Dados são do Sistema de Estatísticas de Comércio Exterior do Agronegócio Brasileiro.

Os quatro maiores exportadores alcançaram desempenho muito semelhante em termos de valor.

Cinco estados foram responsáveis por cerca de 68% das exportações do agronegócio brasileiro em junho deste ano. Juntas, as vendas externas de São Paulo, Mato Grosso, Paraná, Rio Grande do Sul e Minas Gerais somaram US$ 6,16 bilhões. Os dados são do Sistema de Estatísticas de Comércio Exterior do Agronegócio Brasileiro (AgroStat).

Os quatro maiores exportadores alcançaram desempenho muito semelhante em termos de valor, já que cada um desses estados vendeu ao exterior entre US$ 1,5 bilhão (São Paulo) e US$ 1,22 bilhão (Rio Grande do Sul).

Na primeira posição, São Paulo foi responsável por embarques de US$ 1,5 bilhão em junho. O complexo sucroalcooleiro liderou as exportações do estado, com quase 30% do total (US$ 444,13 milhões). O açúcar representou US$ 399,28 milhões das vendas externas do setor sucroalcooleiro.

Os produtos florestais participaram com US$ 167,80 milhões do total exportado pelo estado, sendo US$ 87,81 milhões de papel e US$ 65,59 milhões, de celulose. O setor ainda contribuiu com US$ 14,40 milhões de madeira e US$ 3,80 mil de borracha natural.

Mato Grosso

Segundo maior exportador em valor, o Mato Grosso vendeu US$ 1,48 bilhão em junho para o mercado externo. O destaque foi o complexo soja, com US$ 1,31 bilhão, representando cerca de 88% do total exportado pelo estado. A soja em grãos foi o principal produto da cadeia produtiva, com embarques de US$ 1,09 bilhão, seguida de farelo de soja, com US$ 188,14 milhões, e de óleo de soja, US$ 31,24 milhões. O setor de fibras e produtos têxteis, com US$ 17,28 milhões, ficou em terceiro lugar nas exportações de MT.

Paraná

Em junho, o Paraná exportou US$ 1,31 bilhão em produtos do agronegócio. O complexo soja foi o principal setor exportador do estado, com embarques de US$ 715,33 milhões: US$ 528,13 milhões de soja em grãos, US$ 145,32 milhões de farelo de soja e US$ 41,88 milhões de óleo de soja.

Os produtos florestais ficaram em terceiro lugar como o principal setor exportador do agronegócio paranaense. Os embarques da cadeia produtiva somaram US$ 133,82 milhões no mês passado: US$ 85,72 milhões de madeira, US$ 48,09 milhões de papel e US$ 1,27 mil de borracha natural.

Rio Grande do Sul

O Rio Grande do Sul foi responsável por US$ 1,22 bilhão das exportações de junho. O complexo soja foi o principal setor, participando com 60% do total exportado (US$ 738,30 milhões). No setor, a soja em grãos foi destaque, com US$ 630,48 milhões. Em seguida, ficou o farelo de soja, com US$ 85,28 milhões, e o óleo de soja, com US$ 22,54 milhões.

Minas Gerais

Na quinta posição do ranking de exportações dos estados, Minas Gerais participou com US$ 649,39 milhões. Produto de primeira relevância para a economia do estado, o café teve vendas externas de US$ 242,77 milhões, ou 37,4% do total de exportações, em junho.

Em segundo colocado ficou o complexo soja, com US$ 184,64 milhões: US$ 163,40 milhões de soja em grãos, US$ 20,58 milhões de farelo de soja e US$ 656,68 mil de óleo de soja.


Fonte: Comex do Brasil



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (0)


CIFlorestas disse:

20/09/2020 às 01:12

Nenhum comentário enviado até o momento.

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

As mais lidas


Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

O que você acha da implantação do Cadastro Ambiental Rural (CAR)?

Trará benefícios aos produtores rurais
Trará benefícios ao meio ambiente
Trará benefícios apenas para o governo
Trará benefícios aos produtores rurais, ao meio ambiente e ao governo
Não muda a situação dos produtores rurais, nem do meio ambiente

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


1420 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey