Facebook Twitter RSS

Notícia

Versão para impressão
A-
A+


18/04/2011

Ceplac produz sementes melhoradas na Estação Experimental de Ouro Preto-RO

A CEPLAC, através do seu Centro de Pesquisas do Cacau em Rondônia – CEPEC, situado no município de Ouro Preto do Oeste, produz sementes melhoradas de cacau para serem distribuídas aos produtores rurais de Rondônia desde 1979.

Certa de que as sementes melhoradas constituem a matéria-prima fundamental para o sucesso financeiro de qualquer cultivo empreendido com fins comerciais, pois elas representam o principal insumo agrícola para a implementação de uma agricultura moderna de alta produtividade e elevada qualidade de seus produtos, a CEPLAC implantou os seus primeiros campos para produção de sementes híbridas de cacau em Rondônia a partir de 1973, na Estação Experimental Ouro Preto - ESTEX-OP, localizada no município de Ouro Preto do Oeste, à cerca de 340 km de Porto Velho. Utilizaram-se, inicialmente, materiais genéticos importados do tipo Alto Amazônico, por apresentarem características de interesse agronômico (SCA 6, SCA 12 e IMC 67) e os clones BE 10 e MA 11 coletados pela CEPLAC na Amazônia brasileira.

De lá para cá, instituiu-se um campo de produção de sementes para produzir os híbridos com um melhor comportamento nas condições ecológicas de Rondônia, ou seja, alta produtividade, maior resistência a enfermidades e pragas, e outras características desejáveis ao cultivo. Há de se registrar que anteriormente todas as sementes híbridas de cacau vinham da Bahia, com custos elevadíssimos, incialmente transportadas por via aérea, depois por caminhões.

Hoje ainda temos tido o apoio do CEPEC-BA, mas nos últimos 5 (cinco) anos o CEPEC/ESTEX-OP atendeu a uma demanda anual da ordem de 3 (três) milhões de sementes híbridas. Vale ressaltar que todo o trabalho de polinização é feito manualmente. Segundo o Chefe do CEPEC-RO e pesquisador Caio Márcio de Vasconcellos: “embora nas décadas de 70 e 80 se dispusessem em Rondônia de campos planejados para produzir sementes híbridas de cacau por polinização livre, necessitou-se utilizar prioritariamente a polinização manual para aumentar a oferta de sementes híbridas e disponibilizá-Ias em época mais apropriada para distribuição aos produtores rurais (agosto-novembro), de forma a levar as mudas de cacau para o plantio até janeiro.

Esta oferta de sementes de variedades híbridas para o pequeno produtor rural de Rondônia tem auxiliado no processo de fixação do homem à terra através do desenvolvimento da cacauicultura, sobretudo nos Projetos de Assentamento coordenados pelo INCRA, nas áreas destinadas à reforma agrária, e em particular aos agricultores e agricultoras da agricultura familiar.

Atualmente, neste trabalho, se mobiliza em torno de 20 (vinte) operários rurais para realizarem o serviço em 90 (noventa) dias, no período de março a maio. Em razão da limitação desta mão-de-obra na Estação Experimental da CEPLAC em Ouro Preto do Oeste - ESTEX-OP, a CEPLAC/Rondônia tem buscado apoio junto à Secretaria de Agricultura do Estado – SEAGRI/EMATER-RO, com quem tem firmado Acordo de Cooperação Técnica, o que viabilizou esta prática nos últimos três anos.


Fonte: Ceplac com informações da Assessoria de Comunicação



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (0)


CIFlorestas disse:

17/08/2019 às 15:26

Nenhum comentário enviado até o momento.

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

O que você acha da implantação do Cadastro Ambiental Rural (CAR)?

Trará benefícios aos produtores rurais
Trará benefícios ao meio ambiente
Trará benefícios apenas para o governo
Trará benefícios aos produtores rurais, ao meio ambiente e ao governo
Não muda a situação dos produtores rurais, nem do meio ambiente

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


2867 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey