Facebook Twitter RSS

Notícia

Versão para impressão
A-
A+


02/08/2010

Celulose Projeta Porto Comercial em Portugal

O Porto Comercial da Figueira da Foz está entre as três principais plataformas exportadoras via marítima de Portugal (as outras duas são as de Aveiro e Setúbal).

O Porto Comercial da Figueira da Foz está entre as três principais plataformas exportadoras via marítima de Portugal (as outras duas são as de Aveiro e Setúbal). “Temos uma forte vocação exportadora”, reforça Luís Cacho, presidente do conselho de administração. Porém, essa predisposição não seria possível se no concelho não laborassem a Celbi e a Soporce”.

Metade das cargas movimentadas no porto é proveniente das duas unidades fabris. Só a Altri, grupo que integra a Celbi, contribui com 35% do total do movimento portuário local. Sem as duas unidades, o porto não seria pois o que é. “Haveria, decerto, menos investimentos na infra-estrutura”, exemplifica Cacho, garantindo que o plano de desenvolvimento visa aumentar a capacidade de cargas.

No sentido inverso, o responsável máximo da sociedade anônima que administra o Porto da Figueira da Foz quer baixar as taxas portuárias. Desta forma, torna as empresas mais competitivas e reforça a sua vocação exportadora. Mas as papeleiras queixam-se que a infra- -estrutura está no lado errado: as unidades encontram-se na margem Sul do Mondego e o porto na margem Norte.

Cais na margem Sul

Recentemente, João Ataíde, presidente da Câmara da Figueira da Foz, admitiu a possibilidade de vir a instalar a Zona de Atividades Logísticas em terrenos contíguos à Zona Industrial, situada na margem esquerda. Esta hipótese preconiza uma linha ferroviária dedicada e com ligação ao terminal da Soporcel. No entanto, o porto marítimo continua no outro lado.

Entretanto, há uma maneira de contornar o obstáculo: construir um cais na margem Sul. “Essa possibilidade encontra-se em análise”, adianta Luís Chacho. Os “analistas” são a administração do porto, a autarquia e as empresas que mais utilizam a plataforma. Entretanto, os parceiros já chegaram a uma conclusão: “as obras terão de ser suportadas por capitais públicos e privados”.

Gigante de eucalipto

A Altri tem três unidades industriais – a Celbi, na Figueira da Foz, a Caima, em Constância, e a Celtejo, em Vila Velha de Ródão. Segundo nota de imprensa do grupo liderado pelo executivo Paulo Fernandes, a Altri encontra-se entre os 10 maiores produtores mundiais de pasta de eucalipto, com 900 mil toneladas de capacidade de produção instalada. Exporta 95 % dos produtos, tendo como destinatários principais a Península Ibérica e a Europa Central.

De acordo com a mesma fonte, a Altri está ainda entre os principais exportadores nacionais, sendo responsável por cerca de 1,5 por cento das exportações do país. Por outro lado, o grupo já vendeu toda a sua capacidade de produção até ao final do ano, que só na unidade da Figueira da Foz, a Celbi, ronda as 600 mil toneladas.

Liderança europeia

Por sua vez, o grupo Portucel Soporcel fez saber que exporta cerca de 95 % da produção, para mais de 100 países. Encontra-se entre os três primeiros lugares do ranking das maiores empresas exportadoras do País, assegurando três por cento das exportações de bens, segundo dados de Dezembro de 2009. Produz e comercializa papéis finos de impressão e escrita não revestidos e pasta branqueada de eucalipto.

No segmento da produção de papéis de impressão e escrita não revestidos, a Portucel Soporcel é líder europeu e mantém o estatuto de maior produtor europeu, e um dos maiores a nível mundial, de pasta branqueada de eucalipto. Tem instalada na Figueira da Foz a Soporcel. Perto de 100 por cento da carga contentorizada exportada pelo porto marítimo da cidade tem origem naquela unidade. Aliás, em 2003, criou a uma linha regular para o Norte da Europa.


Fonte: Portal As Beiras.pt /Adaptado por Celulose Online



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (0)


CIFlorestas disse:

24/04/2019 às 03:56

Nenhum comentário enviado até o momento.

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

As mais lidas


Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

Do ponto de vista técnico e operacional, qual é a melhor unidade para comercialização da madeira para celulose?

volume de madeira sólida (metro cúbico)
tonelada de madeira
metro estéreo ou metro de lenha
unidade ou peças de madeira

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


1465 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey