Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/storage/7/ab/56/ciflorestas/public_html/controle/nuvemtags_gerar.php on line 16

Warning: max() [function.max]: Array must contain at least one element in /home/storage/7/ab/56/ciflorestas/public_html/controle/nuvemtags_gerar.php on line 53

Warning: min() [function.min]: Array must contain at least one element in /home/storage/7/ab/56/ciflorestas/public_html/controle/nuvemtags_gerar.php on line 55
CIFlorestas>>Notícia>>CE apresenta primeiros detalhes para fortalecer EU ETS

Facebook Twitter RSS

Notícia

Versão para impressão
A-
A+


27/07/2012

CE apresenta primeiros detalhes para fortalecer EU ETS

Comissão Europeia revelou um pouco do que pretende fazer para lidar com o excesso de permissões disponíveis no esquema de comércio de emissões e consegue boas reações de especialistas no mercado

proposta da comissão é esclarecer a Diretiva que comanda o Esquema de Comércio de Emissões da União Europeia (EU ETS) em alguns pontos relacionados ao calendário dos leilões de permissões de emissão (EUAs, em inglês) e criar a possibilidade de remarcá-los quando necessário. 

Durante a terceira fase (2013-2020) do EU ETS, principal ferramenta do bloco europeu para cortar as emissões de gases do efeito estufa de cerca de 11 mil instalações, grande parte das EUAs serão leiloadas e não mais ofertadas gratuitamente, como até agora. A comissão sugeriu adiar a entrada no mercado das unidades que seriam disponibilizadas através dos leilões no período 2013-2015.

Connie Hedegaard, Comissária de Mudanças Climáticas da União Europeia,  disse que as medidas em curto prazo melhorarão o funcionamento do mercado. Porém, salienta que para que possam entrar em vigor antes da terceira fase, é preciso vontade política.

"Agora cabe ao parlamento europeu e aos países membros decidirem. Após o recesso de verão, a comissão também finalizará as opções para medidas estruturais de longo prazo", completou.

Na quarta-feira, a comissão também divulgou e submeteu ao Comitê de Mudanças Climáticas uma minuta contendo emendas para as regras dos leilões (interessados podem opinar clicando aqui). O objetivo é angariar opiniões dos países membros também sobre o volume de permissões cujo leilão deve ser adiado, sendo que as analises da comissão sugerem entre 400 milhões e 1,2 bilhões.

Apesar da discussão neste ponto prometer ser longa e complexa, a decisão precisa ser aprovada por maioria qualificada, portanto, impede que poucos países consigam barrar um acordo sobre a questão do volume.

Além da venda de mais da metade das permissões de emissão em leilões, a terceira fase do EU ETS também traz outras novidades, como a transição da contabilização das emissões por país para um único sistema abrangendo toda a União Europeia, onde o limite de emissões será determinado por setor econômico e a harmonização das regras de alocação gratuita das permissões através do estabelecimento de benchmarks para todo o bloco.

Valores

O objetivo das propostas da comissão é melhorar o funcionamento do mercado, mas não aumentar os preços. Porém, em comparação com um cenário onde nada fosse feito, o perfil de preços deve permanecer mais constante ao longo da terceira fase, sendo que analistas do mercado confirmam que o aumento nos preços em curto prazo deve ser limitado se não houver também mudanças estruturais no EU ETS, explicou a comissão.

Para a Thomson Reuters Point Carbon, a proposta da comissão pode contribuir na melhoria dos preços do carbono.

"Se houver um acordo sobre o adiamento e cancelamento da ordem de 800 milhões de permissões, que acreditamos que seja o limite do que é politicamente viável, presumimos que os preços do carbono podem aumentar em média até €6/t entre 2013-2020 em comparação com os níveis atuais", comentou Marcus Ferdinand, analista sênior da empresa. Caso não haja apoio político suficiente para a intervenção, os valores provavelmente entrariam em colapso, completou.

Ele explica que é difícil prever valores já que ainda existem dúvidas não apenas em relação ao volume adiado, mas também da quantidade de permissões que eventualmente serão canceladas e também do calendário dessas medidas. No caso do cancelamento, outro processo legislativo seria necessário, algo que não deve ser concluído até 2014, notou Ferdinand.

"Surpreendentemente, a Comissão propôs que as permissões não sejam reinjetadas antes de 2018 pelo menos, o que deixa mais tempo para que a decisão final sobre o cancelamento seja tomada", comemorou.

Ferdinand se mostrou muito otimista quanto ao posicionamento da comissão, elogiando que o documento é muito mais "substancial do que o esperado, mostrando que apensar de alguma oposição ao fortalecimento do mercado, a comissão parece muito ávida a passar um sinal de que está preparada para agir".


Fonte: http://www.institutocarbonobrasil.org.br/mercado_de_carbono1/noticia=731284



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (0)


CIFlorestas disse:

19/12/2018 às 00:28

Nenhum comentário enviado até o momento.

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

As mais lidas


Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

Do ponto de vista técnico e operacional, qual é a melhor unidade para comercialização da madeira para carvão?

volume de madeira sólida (metro cúbico)
tonelada de madeira
metro estéreo ou metro de lenha
unidade ou peças de madeira

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


1204 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey