Facebook Twitter RSS

Notícia

Versão para impressão
A-
A+


17/12/2012

Balança comercial tem superávit de US$ 1,2 bilhão na segunda semana do mês

Produtos como o açúcar e a celulose impulsionaram as vendas externas, que chegaram a 22,9%; exportações de produtos básicos como a soja e o café em grão caíram 3,6% no período

A celulose ficou entre os produtos mais vendidos na segunda semana de dezembro. Imagem: Revista Globo Rural
Após iniciar dezembro com déficit, a balança comercial se recuperou na segunda semana do mês e registrou superávit de US$ 1,274 bilhão, segundo dados divulgados nesta segunda-feira (17/12) pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC). O resultado é o melhor desde a segunda semana de maio, quando o superávit chegou a US$ 1,631 bilhão. 

O valor de US$ 5,581 bilhões em exportações superou o das importações, que ficaram em US$ 4,307 bilhões na semana de 10 a 16 de dezembro. Na primeira semana do mês, a balança havia registrado déficit de US$ 463 milhões. 

Computando-se os resultados de 1° a 16 de dezembro, asexportações alcançaram US$ 10,259 bilhões e asimportações US$ 9,448 bilhões, com saldo positivo acumulado de US$ 811 milhões. No ano, as vendas para o exterior somam US$ 233,090 bilhões, enquanto as compras brasileiras estão em US$ 215,091 bilhões. Assim, a balança está com superávit acumulado de US$ 17,999 bilhões em 2012. 

Os principais produtos que impulsionaram as vendas externas no período foram os semimanufaturados cujo comércio cresceu 22,9%. De acordo com o ministério, os mais vendidos foram açúcar (bruto), celulose, couros e peles e ouro. O comércio de manufaturados teve crescimento mais modesto de 2,3%, em razão principalmente do etanol, óleoscombustíveis, bombas e compressores, chassis com motor e autopeças. As exportações de produtos básicoscaíram 3,6% no período, principalmente em função do declínio da soja em grão, minério de ferro e café em grão. 

Nas importações, a média diária de dezembro de 2012 cresceu 13,4% ante igual período de 2011. O resultado mais expressivo do que o das exportações foi motivado pelas compras maiores de cobres e obras (95,7%), produtos farmacêuticos (59,7%), adubos e fertilizantes (43 %), aeronaves (42,7%), instrumentos de ótica e precisão (34,3%),equipamentos mecânicos (19,8%) e plásticos e obras (19,8%). No mês passado, a balança comercial teve déficit de US$ 186 milhões, pior resultado para o mês em 12 anos.  


Fonte: revistagloborural.globo.com



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (0)


CIFlorestas disse:

20/08/2018 às 22:58

Nenhum comentário enviado até o momento.

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

O que você acha da implantação do Cadastro Ambiental Rural (CAR)?

Trará benefícios aos produtores rurais
Trará benefícios ao meio ambiente
Trará benefícios apenas para o governo
Trará benefícios aos produtores rurais, ao meio ambiente e ao governo
Não muda a situação dos produtores rurais, nem do meio ambiente

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


991 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey