Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/storage/7/ab/56/ciflorestas/public_html/controle/nuvemtags_gerar.php on line 16

Warning: max() [function.max]: Array must contain at least one element in /home/storage/7/ab/56/ciflorestas/public_html/controle/nuvemtags_gerar.php on line 53

Warning: min() [function.min]: Array must contain at least one element in /home/storage/7/ab/56/ciflorestas/public_html/controle/nuvemtags_gerar.php on line 55
CIFlorestas>>Notícia>>Bahia sedia novo INCT em Ciências do Mar

Facebook Twitter RSS

Notícia

Versão para impressão
A-
A+


20/09/2011

Bahia sedia novo INCT em Ciências do Mar

Com a aprovação de projeto coordenado pelo pesquisador José Maria Landim Dominguez, da Universidade Federal da Bahia (UFBA) o estado passa a ser sede de mais um Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia (INCT), este dedicado aos Ambientes Marinhos Tropicais.

 O projeto receberá apoio financeiro do CNPq, da Fundação de Apoio à Pesquisa do Estado da Bahia (Fapesb) e da Capes.

O projeto foi apresentado ao Edital MCT/CNPq/FNDTC Nº 71/2010 – Institutos Nacionais de Ciência e Tecnologia em Ciências do Mar, cujo objetivo era promover a formação ou consolidação de tais Institutos, com foco na Plataforma Continental Brasileira de Norte a Sul. O apoio será de R$ 11,5 milhões, dos quais R$ 9 milhões do CNPq (fundos setoriais), R$ 2,4 milhões do governo da Bahia por meio da Fapesb e R$ 100 mil da Capes.

Com a criação do INCT em Ciências do Mar, a Bahia fica mais próxima de ter uma unidade de pesquisa do Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI). Embora o estado tenha avançado muito em termos de pesquisa nos últimos anos, existe ainda esta lacuna a ser preenchida. A Fapesb, em conjunto com a UFBA, o Instituto do Meio Ambiente e a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado apresentou ao MCTI um projeto para a criação do Instituto Nacional de Recursos Naturais e Ciências do Mar (RenMar). O objetivo é desenvolver pesquisa de ponta de modo a impactar o estado de forma positiva nos âmbitos social, ambiental, tecnológico e econômico.

A Bahia reúne vantagens estratégicas para a criação do RenMar, como a mais estreita plataforma continental da costa brasileira, que facilita o acesso e a investigação de águas profundas. Além disso, sua capital, Salvador, encontra-se em um local privilegiado, às margens da segunda maior baía da costa, a Baía de Todos os Santos, o que oferece a oportunidade de um enorme laboratório natural anexo ao Instituto, bem como uma riqueza de ecossistemas naturais bem preservados.

Baseando-se nas alterações climáticas que afetarão o norte-nordeste neste século, o INCT em Ciências do Mar objetiva avaliar de que forma a diversidade dos ambientes marinhos tropicais poderá determinar suas respostas a estas mudanças. Além disso, o Instituto pretende gerar uma sólida base conceitual sobre os processos, a dinâmica e o funcionamento da zona costeira, plataforma e oceano tropicais do país.

A criação do INCT em Ciências do Mar possibilitará a construção de uma infraestrutura de pesquisa moderna e adequada para o avanço e a consolidação das Ciências do Mar no nordeste. Com a nova unidade de estudo será possível promover a expansão da estrutura de ensino, treinamento e formação de pessoal e a criação de uma rede de excelência para dar suporte à solução de problemas que afetem o ambiente marinho. Estão envolvidos na idealização deste projeto cerca de 200 cientistas, distribuídos em mais de 20 instituições de ensino e pesquisa do país. (Com a ascom da Fapesb)


Fonte: www.cnpq.br



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (0)


CIFlorestas disse:

22/05/2019 às 14:53

Nenhum comentário enviado até o momento.

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

As mais lidas


Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

Do ponto de vista técnico e operacional, qual é a melhor unidade para comercialização da madeira para carvão?

volume de madeira sólida (metro cúbico)
tonelada de madeira
metro estéreo ou metro de lenha
unidade ou peças de madeira

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


1304 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey