Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/storage/7/ab/56/ciflorestas/public_html/controle/nuvemtags_gerar.php on line 16

Warning: max() [function.max]: Array must contain at least one element in /home/storage/7/ab/56/ciflorestas/public_html/controle/nuvemtags_gerar.php on line 53

Warning: min() [function.min]: Array must contain at least one element in /home/storage/7/ab/56/ciflorestas/public_html/controle/nuvemtags_gerar.php on line 55
CIFlorestas>>Notícia>>BA: Governo perde 5 bilhões de euros de investimentos para produção de celulose

Facebook Twitter RSS

Notícia

Versão para impressão
A-
A+


18/02/2013

BA: Governo perde 5 bilhões de euros de investimentos para produção de celulose

O grupo europeu recuou frente à impossibilidade de comprar em seu nome a imensa área necessária para a plantação de eucaliptos.

Fonte: Google

Cinco bilhões de euros. Este é montante do capital que o governo da Bahia acaba de perder. Mas, a nível nacional, o prejuízo pode ser bem maior e, em dez anos, alcançar R$ 46 bilhões que deixam de ir para os negócios do campo em todo o país, segundo especialistas do setor, por causa das restrições legais à compra de terras.

No caso baiano, o valor seria investido na produção de celulose. O grupo europeu recuou frente à impossibilidade de comprar em seu nome a imensa área necessária para a plantação de eucaliptos.”Este é apenas um dos muitos negócios que a Bahia tem perdido por causa da insegurança do marco regulatório“, diz Eduardo Salles, secretário de Agricultura da Bahia.

As perdas baianas refletem um dos grandes desafios nacionais: a fuga de volumes expressivos de capital externo, que impactam mais duramente as culturas de cana, soja e eucalipto, cuja produção necessita de grandes extensões de terra.

Estudo assinado pelas consultorias Agroconsult e MBAgro aponta que, para suprir o mercado mundial grãos, algodão, cana e florestas plantadas, o setor agrícola demandará R$ 93,5 bilhões em investimentos até 2022. O total é baseado na premissa de que a produção brasileira precisa crescer 40% até 2020, conforme previsão da Organização de Cooperação e Desenvolvimento Econômico (Ocde).

Metade deste valor -R$ 46,7 bilhões- teria como origem o investimento externo.

“Depois do parecer da Advocacia Geral da União que estabeleceu as restrições, o que estava programado, veio. Os recursos planejados ficaram paralisados”, diz Anaximandro Almeida, assessor-técnico da Confederação Nacional da Agricultura (CNA).

Os números do Banco Central mostram evolução do investimento estrangeiro direto (IED) no setor de agricultura e pecuária entre 2007 e 2008, com queda em 2009 (devido à crise financeira mundial) e retomada em 2010 e 2011. Ano passado houve queda. O setor de produção florestal acompanha essa evolução, com exceção da queda registrada em 2008.

De acordo com dados da Associação Brasileira dos Produtores de Florestas Plantadas (Abraf), há estimativas de que o vazio do capital estrangeiro somará R$ 37 bilhões e 40 mil empregos que deixaram de ser criados.

“No setor sucroalcooleiro, o capital não chegou mais: há três anos não temos projetos em andamento por causa da insegurança do investidor internacional”, diz Cesário Ramalho, presidente da Sociedade Rural Brasileira.


Fonte: Painel Florestal - Aldir Dantas



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (0)


CIFlorestas disse:

18/09/2018 às 15:31

Nenhum comentário enviado até o momento.

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

As mais lidas


Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

O que você acha da implantação do Cadastro Ambiental Rural (CAR)?

Trará benefícios aos produtores rurais
Trará benefícios ao meio ambiente
Trará benefícios apenas para o governo
Trará benefícios aos produtores rurais, ao meio ambiente e ao governo
Não muda a situação dos produtores rurais, nem do meio ambiente

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


1162 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey