Facebook Twitter RSS

Avanço e Pesquisa

Versão para impressão
A-
A+


17/04/2015

Avaliação dos efeitos de pré-tratamentos da madeira de Eucalyptus benthamii Maiden & Cambage no grau de compatibilidade com cimento portland

Artigo submetido à revista Árvore, v. 38, n. 5, p. 935-942, 2014, de autoria de, Vinicius Castro, Roberto Daniel Araújo, Carlos Parchen, Setsuo Iwakiri, relata sobre a Avaliação dos efeitos de pré-tratamentos da madeira de Eucalyptus benthamii Maiden & Cambage no grau de compatibilidade com cimento portland.

Uma possível nova destinação para uso da madeira de Eucalyptus benthamii é a produção de painéis madeira-cimento, que exigem madeiras particuladas que podem ser obtidas de árvores de pequenos diâmetros ou resíduos do processamento da madeira sólida.

Entre as principais dificuldades na produção deste tipo de painel está, porém, a seletividade das espécies de madeiras utilizadas na mistura. Segundo Latorraca et al. (1999), os componentes orgânicos afetam tanto a possível interação entre a madeira e o cimento quanto as interações internas do próprio cimento, resultando em painéis de qualidade inferior. A incompatibilidade da mistura madeira-cimento é normalmente associada aos extrativos (JORGE et al., 2004). Diferentes métodos são empregados para minimizar o efeito da incompatibilidade entre cimento e madeira, como o uso de preservativos de madeira, armazenamento prolongado da madeira, extração dos açúcares solúveis em água quente e fria, mistura com aditivos químicos ou aceleradores em solução diluída, como hidróxido de sódio (NaOH) e cloreto de cálcio (CaCl 2 ) (MOSLEMI et al., 1983).

Diante deste contexto, o objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito de cinco diferentes tipos de pré-tratamento na compatibilidade entre a madeira do Eucalyptus benthamii e o cimento Portland. A madeira foi pré-tratada com água fria, água quente, hidróxido de sódio, cloreto de cálcio ou hidróxido de cálcio. O grau de compatibilidade foi determinado através do estudo do calor de hidratação nas primeiras 24 h e pela resistência à compressão axial após 28 dias dos compósitos formados por cimento e pó de madeira na relação de peso de 13,3:1. A resistência à compressão axial após 28 dias também foi avaliada em compósitos formados com cimento e partículas de madeira na relação 2,75:1. Os resultados dos testes feitos com a madeira em pó indicaram que a adição de 3% de cloreto de cálcio é o tratamento mais eficiente para reduzir a capacidade de inibição da espécie, enquanto o tratamento do pó da madeira com hidróxido de cálcio afetou negativamente a compatibilidade. Entretanto, a combinação do aditivo cloreto de cálcio com partículas carbonatadas, pelo tratamento com hidróxido de cálcio, foi o que apresentou a maior resistência à compressão axial nos compósitos feitos na relação cimento:madeira de 2,75:1.

A madeira de Eucalyptus benthamii apresentou potencial para a fabricação de painéis madeira-cimento. O uso da metodologia de carbonatação das partículas em solução de hidróxido de cálcio também é viável como pré-tratamento, independentemente dos resultados apontados pelos métodos tradicionais de medição do grau de compatibilidade.
 
 
O artigo pode ser acessado no link: http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br/handle/123456789/13244


Fonte: Camila Maria Soares Batalha / BDTI II / Biblioteca Florestal Digital



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (1)


layylIMwv disse:

15/11/2015 às 03:34

our company has opneed a new account for the propose of handling projects. we are using quickbooks. i would like to know what would be the best way to keep the two accounts seperate (existing company account and the new project account). our accountant has suggested to creat projects under chart of accounts. im thinking it would be difficult to reconsile plus create sub accounts such as petty cash, creditors under projects since there is already all those in the main account and it would reflect / add up in the company account.Please suggest what is the best way to go about this. Like said earlier we have made a new bank account for the projects.. so its going to be new cheque books and all that.

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

As mais lidas


Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

Do ponto de vista técnico e operacional, qual é a melhor unidade para comercialização da madeira para carvão?

volume de madeira sólida (metro cúbico)
tonelada de madeira
metro estéreo ou metro de lenha
unidade ou peças de madeira

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


1745 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey