Facebook Twitter RSS

Notícia

Versão para impressão
A-
A+


06/03/2012

Agricultores do Tocantins serão beneficiados com incentivo à cultura de seringueira

Capacitação será realizada pela Seagro, em parceria com o Ruraltins, Basa e Embrapa

Extensionistas rurais do Ruraltins – Instituto de Desenvolvimento Rural do Tocantins, técnicos do Banco da Amazônia e de empresas prestadoras de serviços de assistência técnica, reúnem-se de 19 a 23 de março para um curso de capacitação voltado para a cultura da seringueira. O cronograma foi definido, na quinta-feira, 1º, durante reunião na Superintendência do Banco da Amazônia, em Palmas.

O curso faz parte de um projeto de incentivo ao cultivo da seringueira e tem como objetivo consolidar todas as informações referentes à produção e ainda trabalhar a elaboração de projetos. A capacitação será realizada pela Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Agrário em parceria com o Ruraltins, Banco da Amazônia e Embrapa.

De acordo com o Presidente do Ruraltins, Olimpio Mascarenhas, além de capacitar os técnicos, a iniciativa pretende incentivar os agricultores familiares a trabalhar na atividade, promover a geração de renda e fixar o homem no campo. “Depois da capacitação os técnicos vão fazer um diagnóstico nas cidades de Divinópolis, Marianópolis, Pium e Barrolândia, para identificar quais são as propriedades com potencial para o cultivo da seringueira. A meta é beneficiar agricultores em todo Estado, mas nesse primeiro momento serão beneficiados 150 produtores da região central”, disse.

O Superintendente do Banco da Amazônia, Donizete Borges de Campo, acredita que o plantio da seringueira é uma excelente opção para os agricultores familiares. “O Banco é um dos grandes apoiadores do Governo do Estado no incentivo à atividade. Por meio de recursos do Pronaf – Programa Nacional da Agricultura Familiar vamos liberar linhas de crédito especificas para os produtores interessados nessa cultura. O mercado é muito promissor, uma área plantada de 1,5 hectares pode render até R$ 3 mil por mês às famílias”, destacou.

Projeto de incentivo

O Projeto de incentivo ao cultivo da seringueira, na primeira etapa, pretende plantar 300 hectares de área com agricultores familiares, sendo que em cada hectare serão plantadas 520 mudas. A retirada do látex acontece a partir do 5º ano de vida da árvore.

A Seringueira é uma árvore de espécie perene, de rápido crescimento e ainda pode ser cultivada em consórcio com outras culturas, como abacaxi, açaí, banana, para que o agricultor tenha renda até que o seringal entre na fase produtiva.


Fonte: portaldoagronegocio.com.br



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (1)


SAVIGNY ROCHA LIMA disse:

12/03/2012 às 16:05

Vocês sabem me informar onde será este curso? Onde posso ter maiores informações a respeito?

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

As mais lidas


Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

Do ponto de vista técnico e operacional, qual é a melhor unidade para comercialização da madeira para celulose?

volume de madeira sólida (metro cúbico)
tonelada de madeira
metro estéreo ou metro de lenha
unidade ou peças de madeira

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


1867 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey