Facebook Twitter RSS

Avanço e Pesquisa

Versão para impressão
A-
A+


21/10/2005

A UTILIZAÇÃO DA BOCAIÚVA NO PANTANAL

A bocaiúva ou macaúba é uma palmeira (Acrocomia aculeata (Jacq.) Lodd. ex Mart.) encontrada em quase todo o Brasil (do Pará até São Paulo e Mato Grosso do Sul), ocorrendo também na Bolívia, Paraguai e Argentina. No Pantanal, toda a planta é muito utilizada pela população. As folhas podem ser usadas para suplementação alimentar de cavalos e bois. A madeira, serve para parede, caibro e ripa. Os frutos (polpa e castanha) são muito apreciados tanto pelo homem como pela fauna doméstica e silvestre. Os frutos são encontrados maduros de setembro a dezembro. A polpa pode ser consumida “in natura” (chiclete pantaneiro), cozida no leite como mingau para crianças, em sorvetes ou em receitas com a farinha (bolo, pão, sequilho, recheio de bombom).



A farinha pode ser adquirida na Casa do Artesão de Corumbá, sendo produzida artesanalmente em trabalho realizado, principalmente, por mulheres das comunidades tradicionais de Antonio Maria Coelho e colônia São Domingos, no Mato Grosso do Sul. A Embrapa Pantanal está iniciando um projeto junto à comunidade de Antonio Maria Coelho para caracterizar o sistema produtivo e também os diferentes “tipos” de bocaiúva extraídos pela comunidade.



A polpa e a farinha da bocaiúva possuem grande mercado potencial, inclusive para outros estados do Brasil, podendo ser usadas em vitaminas, fabricação de sorvete, bolos e pães. Também podem ser incorporadas na merenda escolar, pois são muito nutritivas, ricas em cálcio e potássio.



O óleo extraído da castanha da bocaiúva tem potencial para uso como biodiesel. Isto tem motivado os pesquisadores da Embrapa a desenvolverem pesquisas sobre o assunto em parceria com outras instituições nacionais.



Receitas típicas do Pantanal



Bolo de bocaiúva*




Ingredientes: duas xícaras de farinha de trigo, duas xícaras de açúcar, uma xícara de farinha de bocaiúva, uma xícara de leite, duas colheres (sopa) de manteiga, uma colher (sobremesa) fermento em pó, dois ovos.



Modo de preparo: bata o açúcar e a manteiga até obter um creme, acrescente os ovos e continue a bater o creme. Adicione a farinha de trigo, a farinha de bocaiúva e o leite alternadamente. Adicione o fermento. Coloque para assar numa forma untada e polvilhada. Leve ao forno com temperatura de 100°C por aproximadamente 30 minutos ou até dourar o bolo.



Rendimento: 15 pedaços de bolo.



*Receita gentilmente cedida por Abel Ricardo da Maia Juracy.




Suzana Maria de Salis (smsalis@cpap.embrapa.br) é pesquisadora da Embrapa Pantanal

Doutora em Biologia Vegetal.


Abel Ricardo da Maia Juracy (armai@ig.com.br) é biólogo autônomo
Especialista em Microbacias Hidrográficas.


Fonte: Por: Suzana Maria Salis
Abel Ricardo da Maia Juracy



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (0)


CIFlorestas disse:

05/12/2019 às 21:57

Nenhum comentário enviado até o momento.

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

As mais lidas


Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

Do ponto de vista técnico e operacional, qual é a melhor unidade para comercialização da madeira para celulose?

volume de madeira sólida (metro cúbico)
tonelada de madeira
metro estéreo ou metro de lenha
unidade ou peças de madeira

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


1964 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey