Facebook Twitter RSS

Avanço e Pesquisa

Versão para impressão
A-
A+


12/05/2009

Estudos com própolis e celulose são testados como antibacteriano e cicatrizante

Gel e biocurativo são testados como antibacteriano - Um gel à base de extrato de própolis e um curativo produzido a partir da membrana de uma celulose, elaborada pela bactéria Acetobacter xylinum, estão sendo testados como antibacterianos e cicatrizantes, respectivamente, para tratar queimaduras e feridas de difícil cicatrização. Conduzidas no Laboratório de Materiais Fotônicos do Instituto de Química (IQ), câmpus de Araraquara, em cooperação com a empresa Apis Flora, de Ribeirão Preto (SP), as pesquisas são coordenadas pelos químicos Younes Messaddeq e Sidney José Lima Ribeiro.

Sybele com biocurativo de celulose

Gel e biocurativo são testados como antibacteriano - Um gel à base de extrato de própolis e um curativo produzido a partir da membrana de uma celulose, elaborada pela bactéria Acetobacter xylinum, estão sendo testados como antibacterianos e cicatrizantes, respectivamente, para tratar queimaduras e feridas de difícil cicatrização. Conduzidas no Laboratório de Materiais Fotônicos do Instituto de Química (IQ), câmpus de Araraquara, em cooperação com a empresa Apis Flora, de Ribeirão Preto (SP), as pesquisas são coordenadas pelos químicos Younes Messaddeq e Sidney José Lima Ribeiro.O estudo do curativo biológico traz um avanço em relação à membrana de celulose produzida pela bactéria Acetobacter xylinum, espécie encontrada facilmente em frutas e legumes em decomposição, e já utilizada por alguns médicos. Ao ser aplicada sobre área queimada ou ferida, a celulose é capaz de aliviar a dor em poucos segundos. “Este tipo de celulose vem ganhando destaque nos últimos anos, principalmente na medicina, pela capacidade retenção de água, boa elasticidade, além de ser atóxica, antialérgica e facilmente moldável”, aponta o professor Messaddeq.

Pela atividade antimicrobiana do extrato de própolis, os pesquisadores o acrescentaram ao gel, já utilizado como cicatrizante, e ao curativo biológico, produzido em forma de película. A própolis contem resinas vegetais e exsudatos - um líquido com alto teor de proteínas e células de defesa produzidas em resposta a danos em tecidos e vasos sangüíneos. Segundo os pesquisadores, por aderir com facilidade à lesão e pela sua transparência, o novo biocurativo possibilita o constante acompanhamento da cicatrização, sem que seja necessária sua remoção.

“Nos ensaios biológicos in vitro, o biocurativo contendo própolis mostrou resultados extremamente promissores, principalmente na inibição e prevenção do crescimento microbiano”, diz Hernane Barud, doutorando em Química que participa do estudo. “A película também bloqueia a passagem de novos micro-organismos e diminui as perdas de proteínas no local”, acrescenta a dentista Sybele Saska, que integrou a equipe. A explicação para o bloqueio de novas bactérias está na propriedade mecânica do material, formado a partir da trama de fios de tamanho nanométrico – milionésima parte de um milímetro.

A próxima etapa da pesquisa será o teste dos produtos em animais. Somente depois de superada essa fase é que o biocurativo poderá ser testado em humanos.

Texto de Julio Zanella, da UNESP - Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”


Fonte: Painel Florestal



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (1)


Naiana Péres disse:

03/02/2013 às 05:26

Prezados Senhores:
Tenho feridas crônicas nas duas pernas, na região frontal da perna, faço curativos diariamente, usando, nesta ordem: soro fisiológico, água oxigenada 10 vol., soro denovo, maravilha curativa, deixo secar, pomada de neomicina + bacitracina zíncica, cubro com ataduras de crepom e, apesar de já ter melhorado, criando como posso dizer, sou leiga, mas seria a parte da derme; mesmo assim, continuam criando secreções purulentas, e não cicatrizam! Quero ser voluntária nos testes com o biocurativo, pelo amor de Deus! Moro em Niterói, RJ, numa região ainda rural, bairro Engenho do Mato, e não tenho condições financeiras suficientes para arcar com as despesas que tenho tido com pomadas e afins. Gostaria de estar utilizando esses biocurativos o quanto antes. Meu tel é 21-96584900 e 21-27095492. Aguardo resposta urgente e desde já agradeço a atenção e gentileza a mim dedicadas.
Atenciosamente,
Naiana Péres.

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

As mais lidas


Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

Do ponto de vista técnico e operacional, qual é a melhor unidade para comercialização da madeira para celulose?

volume de madeira sólida (metro cúbico)
tonelada de madeira
metro estéreo ou metro de lenha
unidade ou peças de madeira

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


3437 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey