Facebook Twitter RSS

Avanço e Pesquisa

Versão para impressão
A-
A+


12/05/2009

Estudos com própolis e celulose são testados como antibacteriano e cicatrizante

Gel e biocurativo são testados como antibacteriano - Um gel à base de extrato de própolis e um curativo produzido a partir da membrana de uma celulose, elaborada pela bactéria Acetobacter xylinum, estão sendo testados como antibacterianos e cicatrizantes, respectivamente, para tratar queimaduras e feridas de difícil cicatrização. Conduzidas no Laboratório de Materiais Fotônicos do Instituto de Química (IQ), câmpus de Araraquara, em cooperação com a empresa Apis Flora, de Ribeirão Preto (SP), as pesquisas são coordenadas pelos químicos Younes Messaddeq e Sidney José Lima Ribeiro.

Sybele com biocurativo de celulose

Gel e biocurativo são testados como antibacteriano - Um gel à base de extrato de própolis e um curativo produzido a partir da membrana de uma celulose, elaborada pela bactéria Acetobacter xylinum, estão sendo testados como antibacterianos e cicatrizantes, respectivamente, para tratar queimaduras e feridas de difícil cicatrização. Conduzidas no Laboratório de Materiais Fotônicos do Instituto de Química (IQ), câmpus de Araraquara, em cooperação com a empresa Apis Flora, de Ribeirão Preto (SP), as pesquisas são coordenadas pelos químicos Younes Messaddeq e Sidney José Lima Ribeiro.O estudo do curativo biológico traz um avanço em relação à membrana de celulose produzida pela bactéria Acetobacter xylinum, espécie encontrada facilmente em frutas e legumes em decomposição, e já utilizada por alguns médicos. Ao ser aplicada sobre área queimada ou ferida, a celulose é capaz de aliviar a dor em poucos segundos. “Este tipo de celulose vem ganhando destaque nos últimos anos, principalmente na medicina, pela capacidade retenção de água, boa elasticidade, além de ser atóxica, antialérgica e facilmente moldável”, aponta o professor Messaddeq.

Pela atividade antimicrobiana do extrato de própolis, os pesquisadores o acrescentaram ao gel, já utilizado como cicatrizante, e ao curativo biológico, produzido em forma de película. A própolis contem resinas vegetais e exsudatos - um líquido com alto teor de proteínas e células de defesa produzidas em resposta a danos em tecidos e vasos sangüíneos. Segundo os pesquisadores, por aderir com facilidade à lesão e pela sua transparência, o novo biocurativo possibilita o constante acompanhamento da cicatrização, sem que seja necessária sua remoção.

“Nos ensaios biológicos in vitro, o biocurativo contendo própolis mostrou resultados extremamente promissores, principalmente na inibição e prevenção do crescimento microbiano”, diz Hernane Barud, doutorando em Química que participa do estudo. “A película também bloqueia a passagem de novos micro-organismos e diminui as perdas de proteínas no local”, acrescenta a dentista Sybele Saska, que integrou a equipe. A explicação para o bloqueio de novas bactérias está na propriedade mecânica do material, formado a partir da trama de fios de tamanho nanométrico – milionésima parte de um milímetro.

A próxima etapa da pesquisa será o teste dos produtos em animais. Somente depois de superada essa fase é que o biocurativo poderá ser testado em humanos.

Texto de Julio Zanella, da UNESP - Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”


Fonte: Painel Florestal



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (1)


Naiana Péres disse:

03/02/2013 às 05:26

Prezados Senhores:
Tenho feridas crônicas nas duas pernas, na região frontal da perna, faço curativos diariamente, usando, nesta ordem: soro fisiológico, água oxigenada 10 vol., soro denovo, maravilha curativa, deixo secar, pomada de neomicina + bacitracina zíncica, cubro com ataduras de crepom e, apesar de já ter melhorado, criando como posso dizer, sou leiga, mas seria a parte da derme; mesmo assim, continuam criando secreções purulentas, e não cicatrizam! Quero ser voluntária nos testes com o biocurativo, pelo amor de Deus! Moro em Niterói, RJ, numa região ainda rural, bairro Engenho do Mato, e não tenho condições financeiras suficientes para arcar com as despesas que tenho tido com pomadas e afins. Gostaria de estar utilizando esses biocurativos o quanto antes. Meu tel é 21-96584900 e 21-27095492. Aguardo resposta urgente e desde já agradeço a atenção e gentileza a mim dedicadas.
Atenciosamente,
Naiana Péres.

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

O que você acha da implantação do Cadastro Ambiental Rural (CAR)?

Trará benefícios aos produtores rurais
Trará benefícios ao meio ambiente
Trará benefícios apenas para o governo
Trará benefícios aos produtores rurais, ao meio ambiente e ao governo
Não muda a situação dos produtores rurais, nem do meio ambiente

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


3374 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey