Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/storage/7/ab/56/ciflorestas/public_html/controle/nuvemtags_gerar.php on line 16

Warning: max() [function.max]: Array must contain at least one element in /home/storage/7/ab/56/ciflorestas/public_html/controle/nuvemtags_gerar.php on line 53

Warning: min() [function.min]: Array must contain at least one element in /home/storage/7/ab/56/ciflorestas/public_html/controle/nuvemtags_gerar.php on line 55
CIFlorestas>>Notícia>>Serviço Florestal capacita policiais militares de Goiás e do DF em identificação de madeira

Facebook Twitter RSS

Notícia

Versão para impressão
A-
A+


09/05/2014

Serviço Florestal capacita policiais militares de Goiás e do DF em identificação de madeira

Policiais militares do Batalhão Ambiental de Goiás e do Distrito Federal participam até esta sexta-feira, 09/05, de um curso sobre identificação de madeiras promovido pelo Serviço Florestal Brasileiro (SFB) por meio do Laboratório de Produtos Florestais (LPF).

Google, imagem ilustrativa
A atividade auxiliará os policiais a reconhecerem com maior precisão espécies de madeiras principalmente do Cerrado e da Amazônia, o que contribuirá para fortalecer a capacidade desses órgãos em atuar contra crimes ambientais em suas unidades da federação.

Uma das fraudes mais conhecidas no mercado de madeira é transportar ou vender uma espécie como se fosse outra. “Existem madeiras que não podem ser cortadas e comercializadas, mas as pessoas cortam e transportam fazendo tal madeira se passar por outra espécie que é permitido o corte e a comercialização”, afirma a capitã do Batalhão Ambiental da Polícia Militar de Goiás Sônia Barbosa dos Santos.
Um exemplo daquelas que sofrem restrição ao comércio é o mogno. Porém, como sua aparência é muito semelhante às do cedro, da andiroba e do curupixá, que não são proibidas de corte, é necessário saber diferenciá-las para descobrir se um mogno está sendo transportado como se fosse uma das espécies citadas, por exemplo.

“No momento em que as equipes fiscalizam as madeireiras, precisamos saber se aquela madeira é legal ou ilegal, conhecer os tipos de madeira, para que possamos fazer a identificação. Ao conferir toda a documentação, ali vem especificado todo tipo de madeiras que ela tem. Daí, conferimos com o que está descrito”, afirma o tenente Leomar Fernandes Santos.

Carvão

O curso também mostra como diferenciar madeiras nativas daquelas de florestas plantadas. Esse conhecimento é útil quando se trata de fiscalizar cargas de carvão, por exemplo. Há casos em que o carvão é vendido como se fosse obtido de eucalipto de florestas plantadas, mas foi produzido a partir de árvores nativas do Cerrado.

Segundo o tenente Fernandes, os 11 policiais da corporação que realizam o curso terão a missão de multiplicar os conhecimentos para outros profissionais da Polícia Militar de Goiás. Os policiais que participam da capacitação atuam nos municípios de Caldas Novas, Goiânia, São Luís de Montes Belos, Uruaçu e outros do estado. A capacitação também conta com cinco policiais do Batalhão Ambiental da PMDF.

Entre 2007 e 2009, segundo dados do Ibama, Brasília foi o 4º município que mais recebeu madeira serrada dos estados da Amazônia Legal, com 174 mil metros cúbicos. Goiânia foi o 10º, com cerca de 140 mil metros cúbicos.

O LPF, que é um dos laboratórios de referência no estudo de madeiras no país, já realizou diversos cursos de identificação de madeira para analistas do Ibama, policiais e para técnicos de órgãos ambientais estaduais e municipais. Em 2012 e 2013, por exemplo, o LPF realizou cursos para a Polícia Civil do DF e também para agentes da Polícia Federal.


Fonte: Serviço Florestal Brasileiro



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (0)


CIFlorestas disse:

14/12/2018 às 21:00

Nenhum comentário enviado até o momento.

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

As mais lidas


Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

Do ponto de vista técnico e operacional, qual é a melhor unidade para comercialização da madeira para celulose?

volume de madeira sólida (metro cúbico)
tonelada de madeira
metro estéreo ou metro de lenha
unidade ou peças de madeira

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


1768 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey