Facebook Twitter RSS

Avanço e Pesquisa

Versão para impressão
A-
A+


23/04/2014

Métodos alternativos para classificação do comportamento espacial de espécies florestais nativas

Tese apresentada à Universidade Federal do Paraná de autoria de Mauricio Koubay do Amaral, relata sobre a análise fatorial aplicada à variação espacial de espécies florestais nativas.

Foto ilustrativa
            A floresta Ombrófila Mista (FOM) é um  ecossistema com chuva durante todo o ano, presente normalmente em altitudes elevadas, e  contém espécies de angiospermas e coníferas.
            Neste tipo de floresta é importante o conhecimento do arranjo espacial de indivíduos arbóreos pois fornece parâmetros a respeito do comportamento espacial dos indivíduos e isso alavanca a seleção de técnicas específicas para o desenvolvimento de estratégias de manejo e/ou conservação florestal.
            Informações a respeito das características de estrutura, como: aleatoriedade, uniformidade ou agregação são essenciais para o processo reprodutivo, pois espécies com padrão de disposição agregada são apropriadas para serem plantadas em áreas degradadas, em matas ciliares e distúrbios como a abertura natural de uma clareira, num desmatamento ou em áreas que tenham ocorrido incêndios.
            Com o objetivo de propor métodos alternativos e eficazes para a classificação do comportamento espacial de indivíduos arbóreos da Floresta Ombrófila Mista, a Universidade Federal do Paraná pesquisou metodologias que, relacionadas às variáveis fitossociológicas proporcionassem informações relevantes para o desenvolvimento de um novo processo classificatório.
            Para isso foi  aplicada a técnica da Análise Fatorial (descreve a variabilidade original de um vetor aleatório em termos de um número menor de fatores comuns) a dados de variáveis fitossociológicas de densidade, dominância e frequência de espécies arbóreas da floresta, desenvolvendo métodos mais simples e eficazes, que levem em consideração a estrutura de covariância das variáveis e proponha modelos que classifiquem as espécies, quanto ao comportamento na disposição dos indivíduos, ao valor de cobertura e de importância.
            Após realizada a pesquisa os resultados mostraram que a aplicação da Análise Fatorial,  determina resultados equivalentes e consistentes aos encontrados através do método do valor de importância, porém sem a necessidade da transformação dos dados absolutos, sob a forma relativa das variáveis mensuradas.


Fonte: Josiane Almeida e Marina Lotti - BIC: Biblioteca Digital Florestal



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (0)


CIFlorestas disse:

23/08/2019 às 00:30

Nenhum comentário enviado até o momento.

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

As mais lidas


Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

Do ponto de vista técnico e operacional, qual é a melhor unidade para comercialização da madeira para carvão?

volume de madeira sólida (metro cúbico)
tonelada de madeira
metro estéreo ou metro de lenha
unidade ou peças de madeira

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


1691 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey