Facebook Twitter RSS

Notícia

Versão para impressão
A-
A+


27/02/2014

Abigraf prevê estimativa negativa para o setor

O presidente da Abigraf (Associação Brasileira das Indústrias Gráficas), Fabio Arruda Mortara, estima que o ano de 2014 terá índice negativo para o setor gráfico brasileiro. Segundo ele, fatores como elevação da Selic e a redução de crescimento do PIB, poderão influenciar o desenvolvimento do setor.

Mortara atribuiu a estimativa negativa para 2014 aos seguintes fatores: juros altos, a política fiscal inadequada do governo, as incertezas na Argentina, responsável por 8% das exportações brasileiras, a insegurança quanto à oferta e as tarifas de energia elétrica e a nova política monetária dos Estados Unidos.

A produção física da indústria gráfica brasileira, constituída por mais de 20 mil empresas, empregadoras de aproximadamente 225 mil trabalhadores, deverá recuar 1,7% em 2014, depois de quedas consecutivas de 6,7% em 2013 e 4,3% em 2012. No ano passado, os produtos gráficos editoriais, com redução de 12,1%, foram os principais responsáveis pelo resultado negativo, enquanto os impressos comerciais contribuíram para evitar quebra ainda maior, crescendo 3,5%.

“O setor público, incluindo estados e municípios, que sequer cumpriram as metas do superávit primário, não está fazendo a lição de casa da responsabilidade fiscal. Por isso, o governo tem de manter os juros em patamar elevado para segurar a inflação”, salientou Mortara, comentando a tendência de elevação da Selic. Para ele, nesse cenário de incertezas, torna-se mais difícil recuperar a competitividade da indústria brasileira.


Fonte: CeluloseOnline



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (1)


denis rosa nunes dos santos disse:

06/03/2014 às 06:24

gostaria de receber todas as novidades em meu e-mail;

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

As mais lidas


Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

Do ponto de vista técnico e operacional, qual é a melhor unidade para comercialização da madeira para carvão?

volume de madeira sólida (metro cúbico)
tonelada de madeira
metro estéreo ou metro de lenha
unidade ou peças de madeira

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


1327 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey